Após baixa adesão histórica no Enem, Bolsonaro anuncia projeto na área da educação

Postado em: 25-11-2021 às 17h25
Por: Giovana Andrade
Edital do MEC e da CAPES irá selecionar projetos inovadores para a educação básica e prevê investimento de até R$27 milhões. | Foto: Reprodução

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), anunciou em seu perfil nas redes sociais, nesta quinta-feira (25/11), o lançamento do edital, do Ministério da Educação (MEC) e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), para selecionar projetos inovadores para a educação básica.

Conforme citado por Bolsonaro, a iniciativa integra o Programa Brasil na Escola e é voltada para as redes públicas estaduais, municipais e do Distrito Federal que trabalham com os anos finais do Ensino Fundamental. O presidente afirmou ainda que serão investidos até R$ 27 milhões em propostas selecionadas em todo o país.

“As ações devem levar em conta áreas temáticas como: proposta pedagógica, organização curricular, estratégias de ensino-aprendizagem, valorização dos profissionais, inclusão digital e conectividade, uso intensivo de recursos educacionais digitais e relação escola-família”, completou.

O edital foi publicado há duas semanas, no dia 11 de novembro, e as inscrições, que estão abertas desde a última segunda-feira (22), vão até o dia 10 de fevereiro de 2022. A seleção dos projetos será feita entre os dias 11 de fevereiro e 15 de março de 2022, e a divulgação do resultado está prevista para 15 de abril.

A divulgação do projeto na área da educação contratasta com o cenário observado neste âmbito no Brasil recentemente, especialmente no que diz respeito ao Enem 2021, que registrou queda recorde no número de inscritos e a menor participação na prova desde 2005. Em todo o país, foram 4 milhões de inscritos neste ano, contra 5,7 milhões no ano passado. Em Goiás o número caiu de 210 mil para 129 mil inscritos, uma redução de 38% que resultou no menor número em cinco anos.

Compartilhe: