Bolsonaro precisa ser levado às pressas a hospital por suspeita de nova obstrução intestinal

Ele foi submetido a exames ainda durante a madrugada e aguarda os resultados.

Postado em: 03-01-2022 às 08h26
Por: Ícaro Gonçalves
Ele foi submetido a exames ainda durante a madrugada e aguarda os resultados | Foto: Reprodução/Alan Santos/ PR

Durante a madrugada desta segunda-feira (3/12), o presidente Jair Bolsonaro precisou ser levado ao Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após passar mal com suspeita de nova obstrução intestinal. Bolsonaro estava hospedado desde o dia 27 de dezembro em um hotel da cidade de São Francisco do Sul, em Santa Catarina, para as festas de fim de ano.

Segundo informações, ele deixou o litoral catarinense por volta da meia-noite de domingo, em um helicóptero da Força Aérea, e desembarcou em São Paulo à 1h30 desta segunda-feira. Ele foi submetido a exames ainda durante a madrugada e aguarda os resultados.

Em entrevista à Record TV, o médico Antônio Luiz Macedo, que operou o presidente após o atentado com faca sofrido por Bolsonaro em 2018, em Juiz de Fora (MG), disse que deve ir a São Paulo ainda nesta segunda-feira para examiná-lo.

Continua após a publicidade

Consequências da facada

Após o atentado, Bolsonaro já passou por seis cirurgias como consequência da facada. Foram quatro em 2018, e duas em 2019 – para retirada da bolsa de colostomia e para correção de uma hérnia na incisão da cirurgia. A última internação do presidente aconteceu em julho de 2021, por um quadro de obstrução parcial do intestino delgado.

Veja Também