Rio Grande do Sul confirma duas mortes pela Ômicron; Brasil possui 4 óbitos pela nova cepa

O primeiro óbito pela variante foi registrado em Aparecida de Goiânia no dia 6 de janeiro

Postado em: 18-01-2022 às 09h51
Por: Igor Afonso
O primeiro óbito pela variante foi registrado em Aparecida de Goiânia no dia 6 de janeiro | Foto: Divulgação

O Rio Grande do Sul registrou na última segunda-feira (17/1), as duas primeiras mortes de pessoas infectadas com a variante Ômicron do coronavírus. Assim, o número de mortes pela nova cepa no Brasil subiu para quatro.

O primeiro óbito pela variante foi registrado em Aparecida de Goiânia no dia 6 de janeiro. Segundo a prefeitura do município, a vítima era um homem de 68 anos, vacinado, porém hipertenso e portador de “doença pulmonar obstrutiva crônica”, que estava internado.

Já o segundo óbito ocorreu em Alagoas. Um homem, de 74 anos, que de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, havia tomado apenas uma dose da vacina contra o Covid-19, não resistiu e faleceu no dia 21 de dezembro de 2021. 

Continua após a publicidade

As mortes confirmadas no Rio Grande do Sul são de um homem de 88 anos e uma mulher de 86 anos. Os dois pacientes estavam vacinados contra a Covid-19, porém tinham comorbidades. As mortes aconteceram nos dias 2 e 5 deste mês.

Veja Também