Para declaração do Imposto de Renda, usuários do Ipasgo devem atualizar cadastro; veja como verificar

A partir deste ano, Instituto deve enviar as despesas de coparticipação de todos os beneficiários do Ipasgo à Receita Federal

Postado em: 03-03-2022 às 15h02
Por: Maria Paula Borges
A partir deste ano, Instituto deve enviar as despesas de coparticipação de todos os beneficiários do Ipasgo à Receita Federal | Foto: divulgação

Os usuários do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo) e seus dependentes precisam checar se os Cadastros de Pessoa Física (CPFs) estão atualizados. Para declaração do Imposto de Renda, é necessário que o CPF esteja atualizado para evitar problemas com a Receita Federal. O prazo para declaração do Imposto de Renda começa na próxima segunda-feira (7/3) e encerra no dia 29 de abril.

Conforme reportagem exibida no Jornal Brasil Central Edição da Noite, da última quarta-feira (2/3), sobre a necessidade de atualização do cadastro do usuário do Ipasgo, a partir deste ano o Instituto deve enviar à Receita Federal as despesas de coparticipação de todos os beneficiários do Ipasgo, por meio da Declaração de Serviços Médicos e de Saúde (Dmed).

De acordo com o levantamento, cerca de 49 mil pessoas estão com o CPF inválido no sistema e a ampla maioria desse grupo é formada por dependentes de titulares do Ipasgo que deixou de atualizar os dados e agora precisa regularizar a situação. A medida de atualização, além de disponibilizar os dados adequados ao Ipasgo, objetiva garantir a conclusão correta da declaração do Imposto de Renda 2022 dos beneficiários.

Continua após a publicidade

Segundo Deiner Menezes, gerente Regional e Postos do Ipasgo, a receita irá cruzar as informações do Ipasgo com as do usuário. “Cruzando essas informações e havendo inconsistência do CPF, ele corre o risco de cair na malha fina. Então, o quanto antes ele puder resolver a sua questão, mais rápido vai ter a sua declaração de Imposto de Renda regularizada”.

Como verificar se o CPF está correto?

Para verificar se o CPF cadastrado está correto, o usuário deve acessar o Sistema do Instituto. Visando facilitar, o Ipasgo criou uma área exclusiva dentro do “Portal do Usuário”, disponível no site do instituto. Nesta aba é possível fazer a atualização dos dados, caso haja irregularidade.

Para acessar a plataforma, o interessado deve informar a matrícula e senha de acesso. Após realizar os passos, a consulta poderá ser feita com facilidade. Caso o CPF informado esteja incorreto, aparecerá uma mensagem na tela inicial com alerta para atualização do documento. Para atualizar com o dado correto, o usuário deve clicar em “Alterar Cadastro” e posteriormente em “Atualizar CPF”, depois é só salvar e concluir a atualização do cadastro.

Além do meio virtual, a regularização e demais orientações podem ser feitas pelo atendimento telefônico, no número 0800 62 1919, nas 17 regionais do Ipasgo, nos 36 postos próprios administrativos e nas 71 unidades do Vapt-Vupt que prestam auxílio aos beneficiários.

Veja Também