Após 4 dias desaparecida, mulher que caiu em poço de 70 metros de profundidade é resgatada sem vida

Postado em: 28-03-2022 às 12h17
Por: Cecília Sampaio
O corpo de Sônia Cristina Pereira Silva foi encontrado no sábado (26) e já estava sem vida e em estado de decomposição. | Foto: Reprodução

Neste domingo (27/3), Sônia Cristina Pereira Silva foi resgatada sem vida após quatro dias desaparecida. O Corpo de Bombeiros que atua Juazeiro do Norte no Ceará informou que a queda foi de cerca de 70 metros de profundidade do buraco conhecido como cacimba.

Sônia e uma amiga, Maria Edilênia Moreira  estariam tirando a roupa do varal quando despencaram na cacimba desativada. De acordo com relatos de Maria Pereira, irmã da vítima fatal, o próprio pai teria a desativado e colocado uma tampa sobre. Eles caíram na quinta-feira (24/3), mas as buscas foram suspensas por fortes chuvas, mas retornaram às 5:30 das sexta-feira.

Maria Edilênia foi socorrida horas depois da queda e levada ao Hospital Regional de Curiri. Ela quebrou o braço e o fêmur e se encontra em estado estável. 

O corpo de Sônia foi encontrado no sábado (26) e já estava sem vida e em estado de decomposição. Devido a instabilidade do posto e o perigo de desabamento eles continuaram retirando areia e lama. Só no domingo às 15 horas eles finalmente a resgataram.

Foram mais de 70 horas de resgate com auxílio de equipe especializada. Os bombeiros 3m³ para trabalhar para retirada do corpo da mulher que caiu mais de 70 metros. A Defesa Civil deve realizar perícia nas áreas ao redor para garantir a segurança de outras casas e a cacimba onde ocorreu o acidente deve ser aterrada. 

Compartilhe: