Após quase três anos foragido suspeito de matar ex-ator da novela ‘Chiquititas’ é preso

Postado em: 16-05-2022 às 19h37
Por: Ana Bárbara Quêtto
Seu nome aparecia na página de criminosos mais procurados da polícia paulista. | Foto: Reprodução.

Paulo Cupertino, suspeito de assassinar o ator Rafael Henrique Miguel e os pais do jovem, foi encontrado nesta segunda-feira (16/5), após quase três anos foragido. Paulo foi levado para a Delegacia Geral de Polícia (DGP) de São Paulo. O crime aconteceu em junho de 2019, quando o antigo Paçoca de Chiquitas tinha 22 anos.

A filha do suspeito, a atriz e antiga namorada de Rafael, Isabela Tibcherani, foi uma das primeiras a saber de sua prisão. “Acabei de ser informada sobre a prisão dele e ainda estou assimilando. Não é a primeira vez que eu recebo essa informação, tanto que a minha primeira reação ao receber a ligação foi: ‘Você tem certeza do que você está falando? Você confirma isso? Não posso ter a minha vida balançada agora”, disse.

Segundo o delegado Osvaldo Nico Gonçalves , responsável pela busca, o trabalho de reconhecimento ainda será feito. “A gente vai fazer uma legitimação para provar que é ele mesmo. O pessoal do 98º Distrito Policial está chegando aqui na divisão de capturas. Mas assim, é 90% de informação de policiais do 98º DP”, afirmou.

O suspeito alega ser inocente e disse ter fugido por medo, ao ser questionado por jornalistas na porta da delegacia. Paulo já teve quatro passagens pela polícia, de acordo com a 6ª Delegacia Seccional de Polícia Regional de Santo Amaro. São elas: roubo a banco (1993), lesão corporal; furto e ameaça (2005) e ocorrência de fuga.

No final de 2020, a Polícia Civil de São Paulo foi ao Paraguai, na cidade de Libertación, seguindo uma pista de que Cupertino estaria em uma fazenda na região. Mas, até agora não havia sido encontrado.

Relembre

Em junho de 2019, Rafael Miguel e seus pais, João Alcisio Miguel e Miriam Selma Miguel, foram assassinados em São Paulo. Os três foram baleados após uma visita a casa da namorada do ator, Isabela Tibcherani, filha de Paulo Cupertino. Os disparos supostamente aconteceram após algum desentendimento com o sogro de Rafael, que abriu fogo contra a família do jovem.

Leia mais sobre o caso.

Compartilhe: