Massacre no Texas é considerado o segundo maior desde 2012; veja outros casos

Nesses 16 anos, aconteceram ao menos cinco massacres, sendo dois no mesmo ano. A chacina ocorrida no Texas é a segunda mais letal desde 2012.

Postado em: 25-05-2022 às 17h16
Por: Victória Vieira
Nesses 16 anos, aconteceram ao menos cinco massacres, sendo dois no mesmo ano. A chacina ocorrida no Texas é a segunda mais letal desde 2012 | Foto: Reprodução/ Marco Bello / Reuters

Os Estados Unidos está em profundo estado de luto. O massacre na escola de ensino fundamental aconteceu nesta terça-feira (25/5) em Uvalde, Texas e deixou 21 mortos. O criminoso foi identificado pelas autoridades como Salvador Roma, de 18 anos. Ele morreu no local após uma troca de tiros com a polícia. Infelizmente, essa não é a primeira vez que massacres em instituições de ensino acontecem, nesses 16 anos, aconteceram ao menos cinco massacres, sendo dois no mesmo ano. A chacina ocorrida no Texas é a segunda mais letal desde 2012.

Geralmente situações como essa acontecem com enredos parecidos, um atirador que é ex-aluno ou que estuda na escola, entra dentro da instituição, matando docentes e alunos. Em muitos casos, a arma mais usada é um rifle para executar a ação. Veja outros casos que já ocorreram:

Massacre Sandy Hook, Newtown, Connecticut

Continua após a publicidade

Esse crime ocorreu em 2012 e deixou 26 mortos. Adam Lanza, de 20 anos, invadiu a escola e matou 20 alunos, 6 funcionários e se matou depois. O homem atirou contra a sua família e depois tirou sua própria vida. Durante o tiroteio, os educadores tentavam contatar o serviço de emergência, mas não foram ouvidos. As primeiras viaturas chegaram ao local às 9h39, ou seja, já era tarde demais.

Tiroteio na escola primária de Sandy Hook | Foto: Reprodução/AP

Santa Fe High School, Santa Fe, Texas

Em 2018, o aluno Dimitrios Pagourtzis, de 17 anos, sofria bullying e por isso atirou contra os colegas de classe matando nove jovens, um professor e outras 10 pessoas ficaram feridas. De acordo com investigações da polícia, no diário encontrado, o garoto expressava a intenção de cometer um atentado. Ele foi levado sob custódia e cooperou com a polícia. A família do assassino pediu desculpas aos parentes das vítimas e relataram que estavam confusos, porque ele era um filho “quieto e amoroso”.

Santa Fe High School, em 19 de maio de 2018| Foto: Reprodução/ Scott Olson/Getty Images

Red Lake Senior High School, Red Lake, Minnesotta

Novamente por um aluno da escola, Jeffrey Weise, de 16 anos, matou seus avós e logo em seguida, entrou no colégio secundário Red Lake, matando um professor, um segurança e cinco alunos. O ataque durou 10 minutos. No final do assassinato, ele se suicidou.

Red Lake Senior High School em 22 de março de 2005 | Foto: Reprodução/REUTERS/John Gress JG

West Nickel Mines School, Nickle Mines, Pensilvânia

Em outubro de 2006, Charles Carl Roberts, não era aluno do colégio localizado na comunidade Amish, vila de Paradise. O assassino entrou na escola, ordenando que os meninos e os professores fossem embora. Em seguida, amarrou cinco meninas de frente a um quadro negro e atirou contra elas. Após o crime, ele se matou.

Stoneman Douglas High School, Parkland, Flórida

Nikolas Cruz, portando um rifle, matou 17 pessoas. Ele foi preso. O crime aconteceu na escola Marjory Stoneman Douglas High School, a motivação do crime se deu através de uma punição disciplinar que ele sofreu, sendo expulso da instituição. De acordo com a polícia, Nikolas matou três pessoas antes de entrar na escola, 12 dentro do colégio e outras duas após darem entrada no hospital, ainda com vida, mas não resistiram.

Vitima do massacre em Stoneman Douglas High School, Parkland, Flórida | Foto: Reprodução/John McCall/South Florida Sun-Sentinel via AP

Veja Também