Pesquisadores da USP anunciam teste de segurança das novas urnas eletrônicas

Nesta quarta-feira (13/7), pesquisadores da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) anunciaram, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que vão testar o nível de segurança das mais recentes urnas eletrônicas adquiridas pela Justiça Eleitoral.

Postado em: 15-07-2022 às 18h51
Por: Ana Bárbara Quêtto
Segundo o TSE, o teste consiste em tentar quebrar o sigilo e alterar a destinação de votos | Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (13/7), pesquisadores da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) anunciaram, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que vão iniciar teste do nível de segurança das mais recentes urnas eletrônicas adquiridas pela Justiça Eleitoral.

Os modelos UE 2020 devem ser avaliados até o próximo mês. Segundo o TSE, o teste consiste em tentar quebrar o sigilo e alterar a destinação de votos. Além de  simular possíveis formas de ataque aos softwares e equipamentos que compõem o sistema eleitoral.

De acordo com a Corte, a investigação será semelhante àquela feita com urnas do tipo UE 2015 – versão anterior de equipamentos que foram expostos ao último Teste Público de Segurança (TPS).

Continua após a publicidade

Leia também: Candidaturas forjadas de mulheres têm cada vez mais atenção do TSE

Em nota, o TSE informou que a testagem de amostras dos modelos UE 2020 foi uma das sugestões feitas por órgãos e entidades que integram a Comissão de Transparência das Eleições (CTE). Porém, não nomeia o órgão.

O Tribunal ainda disse que os modelos UE 2020 só não foram testados antes por terem começado a ser entregues a partir de dezembro de 2021, quando o cronograma de testes já estava em curso.

“No evento [TPS], são testados os equipamentos já montados, que estejam com o software totalmente desenvolvido e testado pela Justiça Eleitoral”, informou a Corte.

Ela também assegura que, ainda assim, “todos os modelos de urnas contam com os mesmos programas, que passam por auditorias antes, durante e depois das eleições”.

Leia também: TSE realizará testes na urna eletrônica em julho e agosto

Veja Também