Varíola dos macacos: Brasil é o 6º país com mais casos

Segundo dados do Ministério Público, o Brasil já registra 813 casos confirmados da varíola dos macacos (monkeypox). | Foto/Reprodução

Postado em: 26-07-2022 às 17h14
Por: Lorenzo Barreto
O boletim mais recente, divulgado no fim da tarde desta segunda-feira (25), mostra que são 813 infecções e 363 casos suspeitos | Foto/Reprodução

Segundo dados do Ministério da Saúde, o Brasil já registra 813 casos confirmados da varíola dos macacos (monkeypox). O boletim mais recente, divulgado no fim da tarde desta segunda-feira (25), mostra que são 813 infecções e 363 casos suspeitos. O número se aproxima do registrado pela Holanda, que tem 818 pacientes com a doença.

Em 9 de julho, havia 218 pacientes com o caso da doença no Brasil. Dito isso, os casos triplicaram em um intervalo de cerca de duas semanas. São Paulo tem 595 casos, número que dobrou nas últimas duas semanas. O Rio de Janeiro aparece em segundo lugar (109), seguido de Minas Gerais (42). Nesses estados já há transmissão local do vírus.

Segundo um levantamento feito pelo ‘Our World in Data’, da Universidade de Oxford, a nação com mimas infectados é a Espanha, com 3.125 casos, seguida por Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido e França. O Brasil ocupa a sexta posição.

Continua após a publicidade

“Nós temos um surto que tem se espalhado rapidamente pelo mundo, por meio de novos modos de transmissão, sobre os quais nós entendemos muito pouco”, afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, ao declarar a emergência global. Ele se refere à transmissão por contato sexual, que foi observado em 95% dos casos em um estudo publicado na renomada revista científica The New England Journal of Medicine, na semana passada, sobre a varíola.

Ainda assim, trata-se de uma doença possível de ser transmitida por contato de pele prolongado ou por secreções, como saliva. Dessa forma, o contato próximo com pessoas com suspeita da doença ou diagnóstico confirmado deve ser evitado. 

Veja Também