Última superlua do ano deve iluminar céu do Brasil nesta quinta (11)

No total, 2022 teve três superluas; além desta de agosto, o fenômeno ocorreu em junho e em julho, chamadas de Lua de Morango e Lua dos Cervos

Postado em: 11-08-2022 às 08h42
Por: Alexandre Paes
No total, 2022 teve três superluas; além desta de agosto, o fenômeno ocorreu em junho e em julho, chamadas de Lua de Morango e Lua dos Cervos | Foto: Reprodução

A última superlua do ano poderá ser vista nesta quinta-feira (11), mas isso vai depender da condição climática em cada região do Brasil. Chamada de Superlua Esturjão, o fenômeno iluminará o céu por três noites, informou a Nasa. No total, 2022 teve três superluas; além desta de agosto, o fenômeno ocorreu em junho e em julho, chamadas de Lua de Morango e Lua dos Cervos.

De acordo com a Nasa, a Lua aparecerá cheia por cerca de três dias, e o planeta Saturno aparecerá com seu brilho intensificado. “O planeta Saturno, quase no seu ponto mais brilhante do ano, aparecerá acima da Lua na noite de quinta-feira para a manhã de sexta-feira, de 11 a 12 de agosto de 2022, mudando do canto superior esquerdo para o canto superior direito à medida que a noite avança”, descreveu a Nasa.

Superlua

O termo “superlua” foi utilizado pelo astrólogo Richard Nolle em 1979, para designar uma lua nova ou cheia que ocorre quando o astro está a 90% do perigeu, sua aproximação mais próxima da Terra.

Continua após a publicidade

“Como o perigeu varia com cada órbita, diferentes publicações usam padrões diferentes para decidir quais luas cheias se qualificam [como superluas]. As luas cheias em junho e julho estavam mais próximas [da Terra]”, explicou a Nasa em seu site.

Para observar o fenômeno, não é preciso equipamentos específicos, basta olhar o céu e torcer para não haver a interferência de nuvens. Especialistas recomendam que se olhe para o céu logo após o surgimento da lua, no início da noite.

Com informações da CNN Brasil

Veja Também