Brasileiro morre após ser abandonado por “coiote” ao tentar entrar nos EUA

"Coiotes" cobram quantias milionárias das famílias para auxiliar travessias nas fronteiras.

Postado em: 16-08-2022 às 15h40
Por: Luan Monteiro
"Coiotes" cobram quantias milionárias das famílias para auxiliar travessias nas fronteiras. | Foto: Reprodução

Um brasileiro de 21 anos morreu ao tentar entrar ilegalmente nos Estados Unidos. Ayron Henrickson Fernandes Gonçalves foi abandonado pelo “coiote” que deveria auxiliá-lo na travessia. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a Polícia Federal concluiu que o jovem passou mal ao tentar cruzar a fronteira entre México e EUA e foi abandonado pelo responsável por liderar o grupo.

Sem condições de seguir a travessia, Ayron foi deixado para trás. “Coiotes” cobram quantias milionárias das famílias para auxiliar travessias nas fronteiras. Abandonado, o brasileiro foi encontrado sem vida no dia 19 de abril do ano passado, seis dia depois da tentativa malsucedida de cruzar a fronteira.

A investigação concluiu que o rapaz morreu ainda em território mexicano, vítima de insuficiência respiratória aguda, causada por um edema pulmonar.

Continua após a publicidade

A família do brasileiro só teve a confirmação da morte cinco meses depois, ao ser informada pelo pai de um rapaz mexicano que completou a travessia na qual o brasileiro estava.

Veja Também