Quinta-feira, 26 de janeiro de 2023

Quem é o ex-lutador de MMA que confessou atirou quatro vezes em professora, diz polícia

O ex-lutador foi preso na quarta-feira (9/11) sob acusação de assassinar a companheira, a professora Éllida Tuane Ferreira da Silva Santos, de 26

Postado em: 11-11-2022 às 11h03
Por: Ícaro Gonçalves
O ex-lutador foi preso na quarta-feira (9/11) sob acusação de assassinar a companheira, a professora Éllida Tuane Ferreira da Silva Santos, de 26 | Foto: Reprodução

Luis Paulo Lima dos Santos, de 44 anos, é morador de São Paulo e ex-lutador de artes marciais mistas (em inglês, MMA). Ele foi preso na quarta-feira (9/11) sob acusação de assassinar a companheira, a professora Éllida Tuane Ferreira da Silva Santos, de 26.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito confessou o crime e disse ter atirado quatro vezes contra a mulher. Ele deve responder pelo crime de feminicídio. O corpo da mulher foi encontrado com marcas de tiros na última segunda-feira (7), enrolado em um lençol e dentro de um saco plástico, em um córrego no Parque do Carmo.

Luis teria usado um carrinho de compras para tirar o corpo do apartamento, na Vila Matilde. À polícia, o ex-lutador de MMA montou uma falsa versão de que ela teria desaparecido quando saiu de casa para visitar a mãe em Campinas, no interior de São Paulo.

Continua após a publicidade

Leia também: Feminicídio: suspeitos de matar e esconder corpos de mãe e filha vão a júri popular, em Goiânia

Ele alegou que a vítima tomaria um ônibus no Terminal Rodoviário do Tietê, zona norte da capital, para fazer a viagem. Para dar credibilidade à farsa, segundo familiares da vítima disseram à polícia, Santos foi até Campinas e almoçou com a mãe dela, manifestando preocupação com o desaparecimento, quando Éllida já estava morta.

Para a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa da capital considerou esclarecida a morte da professora. Segundo a nota, o marido, de 44 anos, foi preso na quarta-feira (9) em cumprimento de um mandado de prisão temporária expedido pelo Poder Judiciário.

Veja Também