OPAS reconhece programa de aleitamento materno

Postado em: 02-03-2016 às 12h00
Por: Redação
Organização levou em conta vários avanços e os bons resultados da Política Nacional de Aleitamento Materno

Deivid Souza

A Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), braço da Organização Mundial de Saúde (OMS) nas Américas, reconheceu, na manhã desta quarta-feira (2), o Brasil como referência mundial em aleitamento materno. A OPAS levou em conta os vários avanços e os bons resultados da Política Nacional de Aleitamento Materno. Será lançada, em breve, a nova série da revista britânica The Lancetcontendo estudo comparativo envolvendo 153 países.

Em Goiás, um dos destaques da política de aleitamento é o Banco de Leite Humano (BLH), criado em 1999 e que funciona no Hospital Materno Infantil (HMI). De acordo com a coordenação do banco, são coletados cerca de 100 litros de leite humano por mês. Parece pouco, mas para a coordenadora do BLH, Renata Machado Lelis, é o suficiente para “atender um grande número de crianças”. Ela explicou a O HOJE que isto se deve ao fato de ter crianças que mamam quantidades pequenas como 1, 5, 10 ml por exemplo.

Além da coleta e distribuição do leite humano, o BLH também faz um trabalho consistente de orientação às mães sobre a importância do aleitamento materno. Para ampliar o estoque do local, o banco conta com uma viatura do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) que faz a coleta na residência das doadoras. Para pedir leite ou doar, é preciso entrar em contato com o banco pelo telefone (62) 3956-2921. 

(Foto: Yasmine de Paiva/HMI)

Compartilhe: