Sem palmas para Jenny

Postado em: 02-03-2016 às 15h00
Por: Redação
A vencedora do Oscar de melhor figurino pelo filme ‘Mad Max: Estrada da Fúria’ não foi aplaudida pelos artistas presentes no evento e os internautas não perdoaram

Jéssica Chiareli 


No último domingo (28) o Teatro
Dolby, em Los Angeles, foi palco da cerimônia de premiação mais esperada do
cinema em todo o mundo: o Oscar 2016. Em meio a todo o glamour e ostentação que
o evento pede, a figurinista Jenny Beavan, causou reações inesperadas.

 Após ser nomeada vencedora de Melhor Figurino
por ‘Mad Max: Estrada da Fúria’, Jenny enfrentou olhares de reprovação enquanto
caminhava até o palco. Além do olhar torto, muitos artistas presentes
simplesmente não aplaudiram a vitória da designer de moda.

O motivo para toda essa cena? Ela
não estava de vestido longo ou salto alto, Beavan optou por ira à premiação
vestindo uma jaqueta de couro preta e um cachecol. Um vídeo que mostra o
momento em que a figurinista caminha para receber o prêmio e passa por um
verdadeiro corredor de julgamentos viralizou e os internautas, claro, não
perdoaram.

Nem mesmo o vencedor do Oscar de
melhor diretor na edição deste ano, Alejandro González Iñárritu (O Regresso),
disfarçou o estranhamento e foi criticado na rede. 

Depois da polêmica, Jenny
comentou que não usa vestidos em razão de um problema que tem nas costas. “Eu
ficaria ridícula em um vestido e isso foi uma homenagem a Mad Max”, declarou.  

Ao contrário dos colegas
presentes no Oscar, quem acompanhava o evento de fora – especialmente os fãs de
Mad Max – aplaudiram a originalidade e a coragem da figurinista.

No fim das contas, Jenny ganhou o
Oscar, perdeu aplausos, mas acima de tudo fez uma descoberta surpreendente: em
pleno 2016, as mulheres ainda surpreendem por usar um par de calças, ou melhor,
uma jaqueta de couro.  

Foto: reprodução (AP)

(Vídeo: The Guardian)

Compartilhe: