OVG realiza desfile de moda

Postado em: 17-03-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
O evento contou com a parceria da Bordana, que ensinou as meninas a confeccionar os bordados do desfile

O Centro Social Dona Gercina Borges, unidade da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), realizou, na tarde de ontem, um desfile com as adolescentes atendidas pelo projeto Meninas de Luz. As modelos levaram à passarela roupas desenhadas pela designer de moda Simone Aparecida de Sousa Almeida, confeccionadas no Centro Social e bordadas por elas mesmas, durante as aulas de artesanato oferecidas gratuitamente pela unidade. O evento foi prestigiado pela presidente de honra da OVG, Valéria Perillo, pela vice-presidente de honra da instituição, Fabrina Müller, pela diretora geral da OVG, Eliana França, familiares das adolescentes e demais convidados.

Para que os convidados conhecessem um pouco mais o trabalho desenvolvido no projeto foi exibida uma reportagem veiculada no programa “Saúde a Vontade”, do Canal Futura, feita por uma equipe que veio especialmente do Rio de Janeiro para gravar sobre a inciativa. Ao final do desfile, as roupas foram doadas para as mamães, bebês e futuras mamães que participaram do evento.

A OVG contou com a parceria da cooperativa goiana Bordana, que enviou instrutoras para ensinar as meninas do Centro Social a confeccionar os bordados exibidos no desfile. As alunas mais habilidosas poderão fazer parte da cooperativa de bordadeiras, passando assim, a ter uma renda garantida, que é um dos objetivos do Meninas de Luz e também da Bordana.

Jhenne Keteyn Santos, 18 anos, é uma das adolescentes atendidas pelo projeto. A filha dela, Liz Nycolle, nasceu há seis meses e continua recebendo atendimento no Meninas de Luz. Além de desfilar, Jhenne falou em nome das colegas. “O apoio que recebi do Meninas de Luz foi fundamental para mim e para todas que se beneficiam dessa ação social da OVG.

A Cooperativa de Bordadeiras – Bordana foi criada em 2009 e visa promover inclusão social e econômica, emancipação e empoderamento de suas participantes, por meio da geração de trabalho e renda através do cooperativismo e da economia solidária. Detentora de uma linha de produtos inspirada nas riquezas do Cerrado e na história de vida das pessoas que a integram, a cooperativa produz panos de prato, capas de almofadas, sacolas tipo ecobags, bolsas, batas, jogos americanos, colchas, entre outros utensílios.

O Centro Social Dona Gercina Borges, por meio do projeto Meninas de Luz, presta atendimento social e de saúde a adolescentes grávidas, incluindo vítimas de violência ou exploração sexual.  

Compartilhe: