A hora e a vez dos cachos

Os cabelos construídos a partir de sua forma natural garantiram seu espaço entre as mulheres

Postado em: 20-03-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Os cabelos construídos a partir de sua forma natural garantiram seu espaço entre as mulheres

Há mais de uma década que os cabelos lisos ganharam preferência entre as mulheres, seja no salão ou em casa, graças ao uso do secador, da chapinha e dos alisamentos químicos. Recentemente, contudo, as mulheres têm assumido a naturalidade de suas madeixas, dando lugar a fios cheios de vida e movimento. Nas novelas, diversas personagens têm inspirado as telespectadoras com looks cacheados, como é o caso de Indira, interpretada por Cris Vianna em A Regra do Jogo, e Filomena, personagem de Débora Nascimento no folhetim Êta Mundo Bom. Na série Mister Brau, é Taís Araújo que ostenta uma vasta cabeleira cacheada que afirma sua identidade negra.

Para a cosmetóloga Leila Quintão, esse movimento é crescente e faz parte da aceitação e quebra de padrões muitas vezes impostos pela sociedade. “As pessoas têm de ser livres e se sentir seguras para fugir da ditadura dos cabelos lisos. Nas ruas é comum você saber se a mulher usa progressiva ou não. São cabelos estáticos, esticados, sem nenhuma forma, sem brilho ou textura definida”, opina.

Leila alerta, entretanto, que esse não é o principal transtorno sofrido pelas mulheres de cabelos crespos. “O alisamento irresponsável dos fios provoca, na maioria das vezes, quebra e queda de cabelo, o que faz as mulheres sofrerem com a baixa autoestima”. Há 24 anos no mercado, Leila se especializou em cabelos cacheados e conta que já fez muita mulher feliz. “Muitas vezes a cliente chega no salão desmotivada e com um histórico capilar de alisamentos e quebras. Com o permanente de cachos, conseguimos resgatar a felicidade e autoestima dessas mulheres, dando definição e movimento aos cabelos”, conta.

Continua após a publicidade

Deixar de alisar os cabelos deu liberdade e autoestima para a vida da blogueira Rayza Nicácio, de São Paulo, sucesso no YouTube e Instagram e defensora da identidade original dos cabelos crespos. “Desde muito novinha, tive problemas graves com a minha falta de autoestima. Por ver minha mãe alisando o cabelo, eu sentia que estava fadada àquilo também. Alisava, porque só assim me sentia um pouco mais confiante e bonita. Hoje, sou muito mais feliz com meus cachos, mais livre que quando mantinha a rotina de secador e chapinha”, conta.

E os cabelos cacheados ao natural estiveram em alta também nas passarelas internacionais. Pelo que foi visto no desfile da Armani para o inverno de 2017 na semana de moda em Paris, o céu é o limite: modelos com cabelos presos, mas nada de liso, tudo ao natural mostrando seus cachos e ondulações. Visto que os cacheados vão estar com tudo em 2016 e 2017, é hora de transportar o visual das passarelas, hidratado, com brilho e suavidade, para as ruas. 

Para isso, os gêmeos Maurício Martins e Roberto Martins, cabeleireiros do Salão dos Gêmeos e estilistas Ye Designer, fizeram um guia prático para você conquistar os cachos que farão sucesso tanto em Paris quanto no calçadão de Ipanema. Anote e arrase!

Invista em produtos específicos: é primordial investir em produtos que te ajudem na rotina, e isso não é tarefa fácil, além de exigir dedicação e pesquisa. Procure produtos adequados e não descuide da manutenção. É fundamental manter os cabelos cacheados sempre saudáveis e com o volume sob controle. Use xampu, condicionador, leave in e finalizadores próprios para cacheados. Semanalmente, é importante a utilização de máscaras condicionadoras e hidratantes. Prefira produtos que protejam os fios contra agentes externos, como poeira, cloro e raios UV. Indico a linha Ye Curly Therapy, da Yellow, pois é completa. Ela proporciona mais brilho, condicionamento e definição dos cachos. O Ye Curly Ativador de Cachos Leave In forma e define os cachos, além de hidratar e proteger a fibra. E o Ye Curly Therapy Leave In umidificador de cachos é um ativador líquido que define os cachos, mantendo a umidade interna, garantindo maleabilidade e brilho intenso.

Frizz e volume: um dos maiores desafios para manter um visual cacheado bonito é controlar o frizz e o excesso de volume. É necessário hidratar muito os fios. O ideal é fazer uma visita semanal ao salão para hidratá-los profundamente, pois os crespos necessitam de uma atenção maior. Caso não haja esta disponibilidade, tente de 15 em 15 dias ou, pelo menos, uma vez por mês.

Em casa: não adianta fazer o ritual no salão e usar finalizadores somente. Para conquistar o cacho perfeito é necessária manutenção diária e isso é com você. Utilize xampu e condicionar específicos para isso. Indicamos o Ye Curly Therapy Shampoo e Ye Curly Therapy Condicionador, que limpam enquanto hidratam e nutrem a fibra capilar, garantindo mais brilho, movimento e cachos muito bem definidos. Assim, mantendo a vitalidade que você vê na TV e nas passarelas.

Visual dos sonhos: os estilistas destacam a importância dos cuidados que somente profissionais especializados podem proporcionar. Sempre procure um profissional de sua confiança e com produtos de excelência. Em nosso salão, usamos produtos que oferecem tratamentos profissionais específicos para nutrir os fios, repondo lipídios e outras substâncias essenciais para a saúde dos cabelos cacheados.

 Um guia para as cacheadas

A falta de informação sobre os cuidados exigidos por um cabelo enrolado e a necessidade de uma maior praticidade no dia a dia faz com que muitas mulheres escondam a natureza de suas raízes. O Manual da Garota Cacheada é uma revolução dos cachos em meio à ditadura do alisamento. 

Por meio do Curly Girl, método difundido nos Estados Unidos, o livro ensina de maneira prática a cuidar dos cabelos e sugere receitas caseiras para a manutenção dos fios. O livro propõe a beleza dos cabelos livres das chapinhas e de qualquer tipo de química que danifique os cachos naturais. A obra conta ainda com depoimentos de mulheres que vão inspirar os leitores ao longo das etapas do tratamento.

Escrito por Lorraine Massey, criadora dos métodos Low-Poo e No-Poo de tratamento capilar, e pela jornalista Michele Bender, a obra ensina técnicas de lavagem e manutenção dos cabelos, mostra como identificar tipos de cachos e ainda dedica um capítulo para falar de homens e crianças com cabelos enrolados.

  

Veja Também