Centro-Oeste: em menos de uma semana três mulheres são vítimas de violência em MT, MS e GO

Postado em: 20-10-2021 às 16h06
Por: Alexandre Paes
Uma foi morta em Mozarlândia, outra em Pontes e Lacerda, e a terceira, que estava grávida levou facadas, após uma discussão, mas sobreviveu | Foto: Reprodução

Uma jovem de 18 anos foi morta a tiros no centro de Mozarlândia, região noroeste do estado de Goiás. Segundo a Polícia Civil, Lara Gabrielly Xavier foi assassinada enquanto estava em meio a dezenas de pessoas, em frente a uma sorveteria e uma lan house na noite de sexta-feira (15/10). Corporação suspeita de feminicídio e procura autor, que conseguiu fugir.

Segundo informações da Polícia Civil, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) foi chamado, esteve no local, mas constatou que a jovem já estava morta. O Instituto Médico Legal (IML) então foi acionado e recolheu o corpo.

Há suspeita de que o autor seja um namorado ou ex da vítima. As pessoas que presenciaram a cena apontaram como autor Lucas Rodrigues Liberato, de 22 anos, que está sendo procurado. Nas redes sociais da vítima, eles aparecem juntos em algumas fotos, mas não há indicações se ainda tinham um relacionamento. Lara deixou uma filha bebê.

Mato Grosso

No Mato grosso, Milene Natasha Soares de Freitas, 21 anos, foi morta com golpes de faca na madrugada do dia 14 de outubro. Ela foi encontrada caída em uma rua do bairro Vila Iguaçu, pedido por socorro. Ela apresentava perfurações no pescoço e braço, foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu a caminho do hospital.

A Polícia Civil de Pontes e Lacerda (cerca de 448 km a oeste do estado) esclareceu um feminicídio ocorrido na semana passada no município, e na ultima segunda-feira (18/10) prendeu dois suspeitos do crime. Um dos investigados presos, de 34 anos, admitiu participação no crime desferindo os golpes na vítima. O outro negou envolvimento no homicídio e que apenas tentou separar a vítima durante um desentendimento.

Os dois investigados pelo crime moram em um mesmo terreno, em casas distintas, cujos locais eram frequentados por Milene. Ela mantinha um relacionamento com um deles e participava de confraternizações e fazia uso de entorpecentes em companhia de ambos.

A Polícia Civil obteve informações que a vítima mantinha um relacionamento com um dos suspeitos. Os dois responderão por homicídio doloso, com qualificadora em feminicídio.

Mato Grosso do Sul

Também na ultima segunda-feira (18/10), Cinthia Mabel Giménez Osorio, 19 anos, foi esfaqueada na cidade de Pedro Juan Caballero, a cerca de 300 km de Campo Grande, por uma adolescente de 16 anos.

Segundo testemunhas, a jovem teria ido até o armazém do bairro quando no meio do caminho a agressora estava esperando, foi quando começaram a discutir e Cinthia teria mostrado o dedo do meio, o que fez a autora desferir os golpes.

O ciúme teria motivado o crime já que Cinthia é ex do atual marido da adolescente. Foram sete facadas, a agressora que também está grávida fugiu do local, mas depois se entregou à polícia . A mãe da vítima, revelou que o ex-namorado da filha engravidou a adolescente e teria terminado com ela, e que os ciúmes da atual namorada do rapaz seja o principal motivo do ocorrido.

Segundo informações, Cinthia está estável e o bebê não foi atingido, ela foi socorrida pelos bombeiros e levada para o Hospital Regional de Pedro Juan Caballero.

Compartilhe: