Covid-19: Cuba é o 1º país do mundo a vacinar crianças a partir de 2 anos

Postado em: 14-09-2021 às 15h36
Por: Victoria Lacerda
Todas as crianças cubanas estão sendo imunizadas com as vacinas Soberana 2 e Soberana Plus, produzidas no país. | Foto: Reprodução

Após aprovação da vacinação pediátrica no início de setembro, Cuba tornou-se o primeiro país do mundo a vacinar crianças entre as idades de 2 a 11 anos. Na última semana, a ilha começou a imunizar jovens de 13 a 17. Segundo as autoridades de Saúde do país, ainda durante essa semana as vacinas serão aplicadas nas crianças de até 2 anos. Todas as crianças cubanas estão sendo imunizadas com as vacinas Soberana 2 e Soberana Plus, produzidas no país. 

As vacinas também provocaram uma resposta imunológica mais forte em menores em comparação com os adultos. A eficácia geral da vacina é de cerca de 90%.

Apesar do registro de um recente aumento de casos de Covid-19 devido a variante Delta, o governo pretende manter a pandemia sob controle até novembro, quando começa a alta temporada de visitação à ilha. Espera-se também que as crianças possam voltar às aulas presenciais, suspensas desde março de 2020. 

Atualmente, mais da metade da população recebeu pelo menos uma dose da vacina.

Compartilhe: