Com estagnação da vacinação, Rússia registra o maior número de mortes por Covid desde o início da pandemia

A Rússia é o quinto país com mais óbito até agora, atrás de Estados Unidos, Brasil, Índia e México.

Postado em: 06-10-2021 às 11h55
Por: Victoria Lacerda
A Rússia é o quinto país com mais óbito até agora, atrás de Estados Unidos, Brasil, Índia e México. | Foto: Reprodução/Internet

Nesta quarta-feira (06/10), a Rússia bateu um novo recorde de mortes por Covid-19 ao registrar 929 vítimas pela doença. Esse foi o maior índice em um único dia desde o início da pandemia. Até a última terça-feira (05) 895 óbitos eram a maior marca até agora. A Rússia é o quinto país com mais óbito até agora, atrás de Estados Unidos, Brasil, Índia e México.

Para as autoridades russas, o que pode explicar o número crescente de óbitos é a estagnação da campanha contra a Covid-19 e o aumento da variante Delta no país. Divulgado pela Folha de São Paulo e de acordo com o portal Our World in Data, ligado à Universidade de Oxford, os russos com esquema vacinal completo não chegam a 30% da população e os que receberam somente uma dose do imunizante são 33,4%. 

Em comunicado oficial, a vice-primeira-ministra Tatiana Golikova explicou que  98% das pessoas que morreram de Covid-19 na Rússia nos últimos dias não tomaram a vacina. 

Continua após a publicidade

Quase 100% dos casos confirmados no país registram a cepa mais contagiosa, a variante Delta.

Veja Também