Em erupção há quase 20 dias, cinzas do vulcão nas Canárias fecham aeroporto de La Palma

O vulcão começou a expelir jatos de lava incandescente em 19 de setembro.

Postado em: 07-10-2021 às 08h47
Por: Ícaro Gonçalves
O vulcão começou a expelir jatos de lava incandescente em 19 de setembro | Foto: Reprodução/ ABr

O vulcão Cumbre Vieja, nas Ilhas Canárias, continua em erupção mesmo após quase 20 dias, e na manhã desta quinta-feira (7/10), as cinzas emitidas por sua lava forçaram as autoridades de La Palma a fechar o aeroporto da ilha.

“O aeroporto de La Palma está inoperante devido ao acúmulo de cinzas. Os protocolos estabelecidos estão sendo aplicados. A segurança é a prioridade”, disse Aena no Twitter. Até o momento, este foi o único aeroporto do arquipélago das Canárias a ser fechados.

A companhia aérea CanaryFly informou que os voos desta quinta-feira estão suspensos temporariamente. “Esta nova suspensão temporária de operações afeta, por enquanto, apenas os voos desta quinta-feira, dia 7, e apenas os voos de e para La Palma”, diz o comunicado.

Continua após a publicidade

O vulcão começou a expelir jatos de lava incandescente em 19 de setembro, após dias de intensa atividade sísmica. Suas lavas devastaram centenas de prédios e fazendas da região, forçando a evacuação de milhares de pessoas.

Nesta semana, o Cumbre Vieja ficou ainda mais agressivo após vários dias de erupção, de acordo com o Instituto Geográfico Nacional (IGN) da Espanha.

Veja Também