Sábado, 04 de fevereiro de 2023

Abdulrazak Gurnah, escritor da Tanzânia, é o ganhador do Prêmio Nobel de Literatura 2021

Nascido na Ilha de Zanzibar, ele cresceu na Inglaterra como refugiado.

Postado em: 07-10-2021 às 18h14
Por: Alice Orth
Nascido na Ilha de Zanzibar, ele cresceu na Inglaterra como refugiado. | Foto: Reprodução

O escritor tanzaniano Abdulrazak Gurnah, foi anunciado na manhã desta quinta-feira (07/10) como o vencedor do Prêmio Nobel de Literatura deste ano, “por sua comovedora descrição dos efeitos do colonialismo na África e do destino dos refugiados, no abismo entre diferentes culturas e continentes”.

Segundo a Academia, o prêmio foi concedido “por sua penetração intransigente e compassiva dos efeitos do colonialismo e do destino do refugiado no abismo entre culturas e continentes”, e “seus romances fogem de descrições estereotipadas e abrem nossos olhares para uma África Oriental culturalmente diversificada, desconhecida para muitos em outras partes do mundo”.

Nascido na Ilha de Zanzibar, ele cresceu na Inglaterra como refugiado. É autor de dez livros, entre eles “Desertion” (2005), “By the Sea” (2001) e “Paradise” (1984). Este último foi finalista do Booker Prize de ficção. O prêmio, fundado pelo rei da Suécia há 232 anos, entrega uma recompensa de 10 milhões de coroas suecas, ou cerca de 6 milhões de reais.

Continua após a publicidade

Foram 118 ganhadores até hoje, dos quais apenas 16 foram mulheres, e Gurnah é somente o quarto negro a ser escolhido, ao lado da americana Toni Morrison, o nigeriano Wole Soyinka e Derek Walcott, da ilha caribenha de Santa Lúcia.

Veja Também