Deputado conservador britânico morre após ser esfaqueado durante reunião pública em igreja

Postado em: 15-10-2021 às 18h14
Por: Alice Orth
De acordo com a polícia, o suspeito, de 25 anos, foi preso. | Foto: Reprodução

O deputado britânico Sir David Amess, do Partido Conservador, morreu ao ser esfaqueado durante uma reunião pública em seu distrito eleitoral de Southend West, no condado de Essex. O incidente ocorreu dentro da Igreja Metodista Belfairs em Leigh-on-Sea, quando um homem invadiu o local e atacou-o com uma faca.

De acordo com a polícia, o suspeito, de 25 anos, foi preso. Uma investigação foi aberta, mas não há indícios de participação de mais pessoas no crime. “Fomos avisados de um possível esfaqueamento no norte de Eastwood Road pouco depois das 12h05 [8h05 no horário de Brasília]. Um indivíduo foi preso logo em seguida. Nenhum outro suspeito está sendo procurado”, relatou a polícia de Essex. 

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, se manifestou com pesar pela morte, e disse que ele era “uma das pessoas mais gentis” da política. “David era um homem que acreditava apaixonadamente neste país e no seu futuro. Nós perdemos um excelente servidor público e um amigo e colega muito amado”, disse ele.

Aos 69 anos, Sir David, estava no posto desde 1983, e deixa esposa e cinco filhos. Este é o segundo caso de assassinato de um deputado no país em cinco anos.

Compartilhe: