Governo determina que frigoríficos paralisem produção de carne bovina para a China

A determinação ocorre após a paralisação das exportações brasileiras de carne à China ter completado 45 dias.

Postado em: 20-10-2021 às 09h00
Por: Ícaro Gonçalves
A determinação ocorre após a paralisação das exportações brasileiras de carne à China ter completado 45 dias | Foto: Reprodução

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento determinou na última terça-feira (19/10) que frigoríficos habilitados a exportar carne bovina para a China suspendam novas produções para aquele país. A determinação ocorre após a paralisação das exportações brasileiras de carne à China ter completado 45 dias.

No 4 de setembro, o governo chinês suspendeu a importação de carne bovina brasileira devido a ocorrência de dois casos atípicos do mal da vaca louca, em Mato Grosso e Minas Gerais. Passados 45 dias, o país ainda não autorizou a retomada das compras.

A ministra da Agricultura, Teresa Cristina, planeja uma viagem a Pequim para destravar o bloqueio às importações chinesas do produto brasileiro.

Continua após a publicidade

No ofício com a determinação de suspenção, o governo também autoriza estabelecimentos processadores de carne bovina habilitados a vender aos chineses a estocarem em contêineres refrigerados a proteína que produziram antes da data da suspensão. A medida é válida por 60 dias.

Veja Também