Covid-19: estudo aprova eficácia de 90,7% do imunizante Pfizer em crianças de 5 a 11 anos

O estudo teve a participação de aproximadamente 2.000 participantes

Postado em: 22-10-2021 às 12h34
Por: Victoria Lacerda
O estudo teve a participação de aproximadamente 2.000 participantes. | Foto: Reprodução/Internet

Em estudo revelado pela pela FDA (Food and Drug Administration, a Anvisa dos EUA) nesta sexta-feira (22/10), trouxe o relatório que a vacina contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech tem eficácia de 90,7% em crianças de 5 a 11 anos.

No relatório divulgado, foi revelado que as crianças menores de 12 anos de idade estão atualmente inelegíveis para vacinação, permanecendo em risco de contrair covid e continuarem a servir como um grande ‘reservatório’ para transmissão comunitária. 

O documento afirma: “Além disso, a vacinação desta população provavelmente reduzirá a transmissão da comunidade, incluindo transmissão para idosos e indivíduos mais vulneráveis do ponto de vista médico”. 

Continua após a publicidade

O estudo teve a participação de aproximadamente 2.000 participantes, apenas três crianças vacinadas com o imunizante desenvolveram a doença após ter contato com o vírus, enquanto 16 das que receberam doses de placebo acabaram doentes.

De acordo com o Metrópoles, a reunião com os integrantes da agência para a votação que vai decidir se o imunizante poderá ser aplicado nas crianças dessa faixa etária será realizada na próxima terça-feira (26/10).

Veja Também