Para indenizar casos de pedofilia, Igreja Católica francesa decide vender bens

A Conferência Episcopal Francesa anunciou nesta segunda-feira (08/11) que, para indenizar vítimas de pedofilia e abusos sexuais por padres, irá alienar parte

Postado em: 08-11-2021 às 12h16
Por: Nielton Soares
O valor total das indenizações não foi revelado pelo conselho de bispos do país | Foto: reprodução

A Conferência Episcopal Francesa anunciou nesta segunda-feira (08/11) que, para indenizar vítimas de pedofilia e abusos sexuais por padres, irá alienar parte de bens da Igreja francesa. Os religiosos cogitaram até a pedir um empréstimo, se necessário for.

Porém, o valor total das indenizações estimado não foi divulgado pelo conselho dos bispos do país. Por outro lado, eles garantiram que o valor será financiado com recursos próprios e não com doações de fiéis – orçados para outras missões.

Para tanto, foi criado um fundo, para o qual os líderes religiosos começaram a transferir parte de contribuições. A decisão foi tomada em assembleia plenária, em março, e estava em funcionamento desde outubro, mas a magnitude dos escândalos alterou os planos, sendo necessário a igreja a recorrer de outras fontes.

Veja Também