Sábado, 04 de fevereiro de 2023

Entenda por que pessoas com doenças alérgicas têm um risco 38% menor de desenvolver Covid-19

Cerca de 16 mil pessoas responderam ao primeiro questionário.

Postado em: 06-12-2021 às 09h43
Por: Victoria Lacerda
Cerca de 16 mil pessoas responderam ao primeiro questionário. | Foto: Reprodução/Internet

Uma pesquisa realizada pela Universidade Queen Mary de Londres, publicada recentemente na revista Thorax, concluiu que pessoas com doenças alérgicas têm um risco até 38% menor de desenvolver Covid-19. 

Durante a pesquisa, cerca de 16 mil pessoas responderam ao primeiro questionário, mas apenas 14,3 mil continuaram preenchendo os demais e finalizaram a enquete final. Os participantes tinham em média 59 anos, sendo 70% mulheres. 

Os estudos ocorreram entre 1º de maio de 2020 e 5 de fevereiro de 2021 com o intuito de verificar os fatores que poderiam influenciar no risco de contrair a Covid-19, incluindo idade, circunstâncias familiares, trabalho, estilo de vida, peso, altura, condições médicas de longa data, uso de medicamentos, estado de vacinação, dieta e ingestão de suplementos.

Continua após a publicidade

Durante a pesquisa, cerca de 446 participantes, quase 3% receberam o diagnóstico de Covid-19 e 32 foram hospitalizados. Os resultados mostraram que doenças desencadeadas por alérgenos, como eczema, dermatite atópica e rinite alérgica foram associadas a uma redução de 23% no risco do coronavírus. Entre os que tinham doença atópica e asma, o risco foi 38% menor.

Uma das hipóteses mostradas pelos pesquisadores para a diminuição do risco de Covid-19 foi o fato das pessoas alérgicas apresentarem redução da expressão de ECA2, enzima utilizada pelo coronavírus para invadir as células.

Etnia asiática, superlotação familiar, socializar com outras famílias, frequentar ambientes públicos fechados, profissões que exijam contato direto com outras pessoas, além de sobrepeso e obesidade foram fatores importantes associados ao aumento no risco de Covid-19 durante a pesquisa. 

Veja Também