Trump xinga ex-primeiro-ministro de Israel por atitude que Bolsonaro evitou: “Foda-se ele”

Postado em: 11-12-2021 às 15h01
Por: Marcelo Mariano
Ex-presidente dos Estados Unidos afirma que Benjamin Netanyahu não foi leal | Foto: D. Mylles Cullen/Casa Branca

O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump fez duras críticas, e até mesmo um xingamento, ao ex-primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, também conhecido pelo apelido Bibi.

“A primeira pessoa que parabenizou [Biden] foi Bibi Netanyahu, o homem pelo qual fiz mais do que qualquer outra pessoa com quem lidei”, disse Trump em entrevista ao jornalista Barak Ravid. “Bibi poderia ter ficado quieto. Ele cometeu um erro terrível.”

“Eu não falo com ele desde então. Foda-se ele”, completou o ex-presidente americano. ” Eu gostava do Bibi. Eu ainda gosto do Bibi. Mas eu também gosto de lealdade.”

Trump e Netanyahu eram aliados durante o tempo em que ficaram no poder em seus países. Bibi deixou o cargo de primeiro-ministro israelense em junho de 2021, quase cinco meses depois de o republicado sair da Casa Branca.

Diferentemente de Netanyahu, o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro (PL), se mostrou mais leal a Trump e demorou para reconhecer a vitória de Joe Biden, considerada uma fraude por boa parte dos republicanos.

Trump citou Bolsonaro e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, que também levou um tempo maior para parabenizar Biden, como justificativa para as críticas contra Netanyahu: “Eles sentiram que as eleições foram manipuladas”.

Compartilhe: