OMS aprova uso emergencial de décimo imunizante para combater a pandemia da Covid-19

Postado em: 21-12-2021 às 15h35
Por: Maria Paula Borges
Vacina é a primeira concebida a partir de proteínas que desencadeiam resposta imunizante autorizada | Foto: Fabrice Coffrini

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou o uso emergencial da vacina NuvaxovidTM contra a covid-19. Segundo comunicado divulgado nesta terça-feira (21/12), com o imunizante a lista passa a contar agora com dez vacinas aprovadas.

O produto recebeu aval da OMS no dia 17 de dezembro e se trata do primeiro imunizante concebido a partir de proteínas que desencadeiam resposta imunizante autorizada. A vacina é originária da CovovaxTM e ambas recorrem às mesmas tecnologias, são administradas em duas doses e podem ser conservadas em temperaturas de refrigeração entre 2°C e 8°C.

A aprovação do uso emergencial possibilita a aquisição pelo mecanismo de distribuição universal e equitativa Covax, destinado a prover os países mais pobres de imunizantes contra o coronavírus. O objetivo do uso é disponibilizar medicamentos, vacinas e diagnósticos o mais rápido possível e, dessa forma, enfrentar a crise, enquanto se observam exigências de segurança, eficácia e qualidade.

Compartilhe: