Em Moscou, Bolsonaro e ministros participam de cerimônia em homenagem a soldados comunistas

Bolsonaro entregou uma coroa de flores com folhas verdes, azuis e amarelas, cores da bandeira do Brasil. O presidente se encontra com Putin para as 7h (de Brasília).

Postado em: 16-02-2022 às 08h42
Por: Ícaro Gonçalves
Bolsonaro entregou uma coroa de flores com folhas verdes, azuis e amarelas, cores da bandeira do Brasil. O presidente se encontra com Putin para as 7h (de Brasília) | Foto: Reprodução

Durante sua visita a Moscou, antes de se encontrar com Vladimir Putin, o presidente Jair Bolsonaro participou de uma cerimônia em homenagem a soldados do antigo Exército da União Soviética, mortos durante confronto com os nazistas na Segunda Guerra Mundial. O evento ocorreu na manhã desta quarta-feira (16), quando ainda era madrugada no Brasil. A reverência é uma tradição entre os chefes de Estado que vão ao país.

O local do evento, chamado Túmulo do Soldado Desconhecido, é símbolo da vitória da União Soviética na Segunda Guerra. O império soviético era comandado pelos russos, e existiu durou entre 1922 e 1991, representando o bloco comunista do mundo. Bolsonaro entregou uma coroa de flores com folhas verdes, azuis e amarelas, cores da bandeira do Brasil.

Honrarias

Continua após a publicidade

Além de Bolsonaro, participaram da solenidade os ministros Carlos França (Relações Exteriores), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Braga Netto (Defesa), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral da Presidência) e Bento Albuquerque (Minas e Energia). Bolsonaro se encontra com Putin para as 7h (de Brasília). O presidente também almoçará com o governante russo no Kremlin, sede do governo russo.

Veja Também