Rússia x Ucrânia: no segundo dia de ataque, fortes explosões são ouvidas no centro de Kiev

O avanço das forças russas levanta temores de uma multiplicação de ataques contra alvos estratégicos e governamentais de Kiev

Postado em: 25-02-2022 às 09h46
Por: Alexandre Paes
O avanço das forças russas levanta temores de uma multiplicação de ataques contra alvos estratégicos e governamentais de Kiev | Foto: Daniel Leal/AFP

Duas fortes explosões foram ouvidas nesta sexta-feira (25/2) no centro de Kiev, capital da Ucrânia, no segundo dia da invasão russa. Três pessoas ficaram feridas, segundo informações iniciais. “Os ataques contra Kiev com mísseis de cruzeiro ou balísticos foram retomados. Ouvi duas explosões fortes”, disse o vice-ministro do Interior ucraniano, Anton Herashchenko, em sua conta no Telegram.

O vice-ministro também afirmou que um avião russo que estava sendo usando no ataque, foi derrubado pela defesa da Ucrânia. O avanço das forças russas levanta temores de uma multiplicação de ataques contra alvos estratégicos e governamentais de Kiev, incluindo um assalto à capital.

“Horríveis disparos de mísseis russos sobre Kiev. A última vez que nossa capital experimentou algo semelhante foi em 1941, quando foi atacada pela Alemanha nazista. A Ucrânia derrotou esse demônio e derrotará este também”, disse o ministro ucraniano dos Negócios Estrangeiros, Dmytro Kuleba, por meio do Twitter.

Continua após a publicidade

À noite, o presidente Volodymyr Zelensky havia alertado sobre a presença de “grupos de sabotagem” russos que entraram em Kiev e pediu a seus cidadãos que estivessem vigilantes e respeitassem o toque de recolher em vigor.

Segundo informações da CNN Internacional, 18 mil armas foram distribuídas a reservistas na região de Kiev. “Em breve vamos receber suporte adicional de armas modernas e outros recursos de nossos parceiros”, disse o ministro da Defesa da Ucrânia, Oleksiy Reznikov.

Edifícios danificados por ataques russos em Starobilsk, Luhansk Oblast

Veja Também