Anonymous declara guerra cibernética contra o governo russo e divulga estratégias militares

O coletivo anunciou diversos ataques aos sites e a rede estatal de televisão do governo da Rússia

Postado em: 25-02-2022 às 15h08
Por: Augusto Sobrinho
O coletivo anunciou diversos ataques aos sites e a rede estatal de televisão do governo da Rússia | Foto: Reprodução

O grupo hacker Anonymous publicou, nesta sexta-feira (25/02), que está oficialmente em guerra cibernética contra o governo russo. Após a invasão à capital da Ucrânia, na madrugada de quinta-feira (24), o coletivo anunciou no Twitter diversos ataques aos sites estatais e do governo da Rússia, incluindo os do Kremlin e do Ministério da Defesa, que ficaram fora do ar.

“Queremos que o povo russo entenda que sabemos ser difícil para eles falarem contra seu ditador por medo de represálias. Nós, como um coletivo, queremos apenas paz no mundo. Queremos um futuro para toda a humanidade. Então, queremos que entendam que isso é inteiramente direcionado às ações do governo russo e de Putin”, anunciou o grupo.

Continua após a publicidade

Além dos sites, a rede estatal de televisão do país, a “RT News”, também apresentou instabilidade e ficou fora do ar. Além disso, o Anonymous tem publicado informações sobre articulações militares do governo russo. “As forças armadas russas estão preparando uma operação de bombardeio em grande escala na capital da Ucrânia”, afirmaram no Twitter.

Veja Também