Vida boa: CEO de empresa bilionária pede demissão para poder “ir à praia e não fazer nada”

Formica relatou em entrevista à Bloomberg, que a decisão foi tomada por motivos pessoais

Postado em: 01-07-2022 às 11h38
Por: Mariana Fernandes
Formica que estava na empresa desde 2019, relatou em entrevista à Bloomberg, que a decisão foi tomada por motivos pessoais, incluindo, o desejo de estar mais perto dos pais | Foto: Reprodução

Andrew Formica , CEO do grupo de fundos do Reino Unido Jupiter Fund Management, chocou muitos colegas após anunciar nesta semana que estava pedindo demissão, para ‘’sentar na praia e não fazer nada’’. 

Formica que estava na empresa desde 2019, relatou em entrevista à Bloomberg, que a decisão foi tomada por motivos pessoais, incluindo, o desejo de estar mais perto dos pais. 

— Eu só quero sentar na praia e não fazer nada. Não estou pensando em mais nada — relatou.

Continua após a publicidade

O CEO do grupo de fundos q, permanecerá na empresa até o mês de outubro deste ano, quando será sucedido pelo diretor de investimentos da empresa, Matthew Beesley.

A companhia Jupiter Fund Management também informou em comunicado que “Andrew sempre foi claro com o conselho de que seus planos de longo prazo envolveriam a mudança de volta para sua Austrália com sua família. Com a fase inicial da transformação dos negócios da Jupiter concluída, ele sente que agora é o momento certo para entregar a liderança do negócio’’.

O empresário de 51 anos estava desde 2019 na posição, administrando ativos de US$ 67,9 bilhões.

Veja Também