Coreia do Norte reconhece independência de repúblicas separatistas na Ucrânia

A Coreia do Norte reconheceu, nesta quarta-feira (13/7), a independência de duas regiões separatistas apoiadas pela Rússia no leste da Ucrânia. A

Postado em: 13-07-2022 às 12h19
Por: Luan Monteiro
País é o terceiro do mundo a reconhecer as Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk. | Foto: Reprodução

A Coreia do Norte reconheceu, nesta quarta-feira (13/7), a independência de duas regiões separatistas apoiadas pela Rússia no leste da Ucrânia. A informação foi dada por um líder separatista e uma agência de notícias estatal russa.

Além da Coreia do Norte, Rússia e Síria reconheceram as duas entidades separatistas, as Repúblicas Populares de Donetsk (DPR) e Lugansk (LPR), na região de Donbass.

No Telegram, o líder da DPR, Denis Pushilin, disse esperar “cooperação frutífera” e aumento do comércio com a Coreia do Norte, um país isolado pela comunidade internacional e com armas nucleares a mais de 6.500 quilômetros de distância.

Continua após a publicidade

A embaixada do República Popular de Donestsk em Moscou postou uma foto em seu canal no Telegram de uma cerimônia na qual o embaixador da Coreia do Norte em Moscou, Sin Hong-chol, entrega um certificado de reconhecimento à uma representante da DPR, Olga Makeyeva.

A embaixada do país em Moscou confirmou o reconhecimento da independência de ambas as regiões separatistas. A informação foi confirmada pela agência de notícias Tass.

A Rússia, que apoia as regiões desde 2014, reconheceu ambas na véspera de sua invasão da Ucrânia, no fim de fevereiro, em um movimento condenado por Kiev e pelo Ocidente como ilegal. A Coreia já havia expressado apoio à anexação da Crimeia pela Rússia em 2014.

Veja Também