Mulher persegue e provoca capotamento do carro de extremista que queimou o Alcorão

Lars Thorsen, líder de um grupo radical antislâmico, ateou fogo do livro sagrado do Islã.

Postado em: 14-07-2022 às 14h32
Por: Luan Monteiro
Lars Thorsen, líder de um grupo radical antislâmico, ateou fogo do livro sagrado do Islã. | Foto: Reprodução

Duas mulheres perseguiram e provocaram o capotamento do carro de um líder de um grupo anti-islâmico após ele queimar um exemplar do Alcorão, em Oslo, na Noruega. Lars Thorsen é líder do movimento “Pare a islamização da Noruega” (Sian).

Toda a ação foi registrada em vídeo. No início, Thorsen aparece colocando fogo em um objeto no chão de uma praça, em um bairro habitado por população com maioria de origem islâmica na capital norueguesa. Em seguida, ele entra no carro, coloca fogo no Alcorão e mostra o livro em chamas pela janela do automóvel.

Ele chega a ser interceptado por pessoas indignadas com o ato do radical anti-islâmico. Mas ele consegue voltar ao veículo e deixar o local. Com isso, duas mulheres entram em um carro e iniciam a perseguição. Ao longo de uma rodovia, elas jogam o carro contra a SUV de Thorsen. Em certo momento, o veículo do extremista capota na beira da estrada e fica de ponta-cabeça.

Continua após a publicidade

Thorsen e outra pessoa saem do veículo feridos e precisaram ser socorridos. A polícia norueguesa informou que as duas mulheres muçulmanas foram presas por lesão corporal grave.

De acordo com o jornal “Aftenposten“, o chefe da polícia local, Tore Barstad, disse que há motivos para acreditar que o carro de Thorsen foi atingido de propósito. “O vídeo fala por si. É alguém que dirige um carro e expõe o outro a um potencial de dano significativo. Não há dúvida de que as ações de Lars Thorsen provocaram muitos, e estamos cientes disso.”, disse.

Veja Também