HIV: Cientistas apresentam 4º paciente curado

O vírus da imunodeficiência humana (HIV) afeta o sistema imunológico do corpo

Postado em: 27-07-2022 às 16h02
Por: Lorenzo Barreto
O vírus da imunodeficiência humana (HIV) afeta o sistema imunológico do corpo | Foto/Reprodução

Nesta quarta-feira (28), durante a Conferência Internacional de Aids realizada em Montreal, no Canadá. foi apresentado o quarto caso no mundo de um paciente que entrou em remissão para o HIV, considerado curado.

Assim como os dois últimos pacientes, o homem de 66 anos, que foi diagnosticado com a doença em 1988, recebeu um transplante de medula óssea para tratar um quadro de leucemia de um doador com genética resistente ao vírus que causa a Aids. Os dados foram apresentados no evento pela professora da Divisão de Doenças Infeciosas do City of Hope, centro médico onde foi realizado o procedimento, nos Estados Unidos.

O vírus da imunodeficiência humana (HIV) afeta o sistema imunológico do corpo. Ele pode levar à Aids (síndrome da imunodeficiência adquirida) e dificultar a defesa do corpo contra infecções. Em um comunicado, o homem disse: “Quando fui diagnosticado com HIV em 1988, como muitos outros, pensei que era uma sentença de morte. Nunca pensei que viveria para ver o dia em que não tivesse mais HIV.”

Continua após a publicidade

Ele recebeu o transplante de medula óssea não para tratar o HIV, mas porque desenvolveu leucemia aos 63 anos. A equipe médica responsável pelo seu tratamento decidiu que ele precisava do transplante para substituir sua medula óssea doente por células normais. Por coincidência, o doador era resistente ao HIV. Os pesquisadores anunciaram a remissão depois que o homem permaneceu 17 meses sem receber o tratamento antirretroviral e, ainda assim, não voltou a ter níveis detectáveis do vírus.

Veja Também