Merkel condena ataques e pede que Irã ‘reduza tensão’ na região

Segundo informou o porta-voz do governo alemão, Steffen Seibert, a chanceler ressaltou também a Rohani que “a Alemanha, da mesma forma que a França e o Reino Unido, continua comprometida com o acordo

Postado em: 11-05-2018 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Segundo informou o porta-voz do governo alemão, Steffen Seibert, a chanceler ressaltou também a Rohani que “a Alemanha, da mesma forma que a França e o Reino Unido, continua comprometida com o acordo

A chanceler alemã, Angela Merkel, “condenou os ataques iranianos anteontem à noite contra postos militares israelenses nas Colinas de Golã e exigiu ao Irã que contribua para reduzir a tensão na região” em uma conversa telefônica mantida nesta quinta-feira (10) com o presidente iraniano, Hassan Rohani.

Segundo informou o porta-voz do governo alemão, Steffen Seibert, a chanceler ressaltou também a Rohani que “a Alemanha, da mesma forma que a França e o Reino Unido, continua comprometida com o acordo nuclear com o Irã enquanto o Irã seguir cumprindo com suas obrigações estabelecidas no acordo”.

Continua após a publicidade

“A chanceler se pronunciou a favor de manter conversas com o Irã, em um círculo mais amplo de Estados envolvidos, sobre seu programa de mísseis balísticos e suas atividades na região”, entre outros lugares na Síria e no Iêmen, afirma o comunicado. (Agência EFE Berlim) 

Veja Também