Primeiro porta-aviões construído pela China começa testes no mar

Imagens transmitidas pela CCTV mostravam o porta-aviões afastando-se do cais e depois no mar, escoltado por vários navios militares menores

Postado em: 13-05-2018 às 10h20
Por: Kamilla Lemes
Imagens transmitidas pela CCTV mostravam o porta-aviões afastando-se do cais e depois no mar, escoltado por vários navios militares menores

O primeiro porta-aviões de fabricação chinesa e o segundo do país, começou neste domingo (13) suas primeiras manobras no mar – anunciou a imprensa estatal.

Denominado “Type-001A”, o navio deixou seu terminal portuário do nordeste da China às 6h45 locais (19h45 de sábado em Brasília) para começar seus primeiros exercícios no mar, anunciaram a televisão pública estatal CCTV e a agência de notícias Xinhua.

Continua após a publicidade

Imagens transmitidas pela CCTV mostravam o porta-aviões afastando-se do cais e depois no mar, escoltado por vários navios militares menores.

É a primeira vez que o sistema de propulsão, a motorização e o sistema de navegação do navio serão testados no mar, segundo a imprensa estatal.

Por enquanto, a China conta com um único porta-aviões em operação: o “Liaoning”. Construído pela antiga URSS e comprado da Ucrânia, entrou em atividade em 2012. O segundo porta-aviões chinês deve ser incorporado às forças navais ainda este ano. Crescem os rumores sobre a construção de um terceiro porta-aviões. 

Considerada a segunda potência mundial, Pequim pretende rivalizar em longo prazo com a Marinha americana (US Navy) no Pacífico por meio de um ambicioso programa aeronaval de milhões de euros.

Com apenas um porta-aviões plenamente ativo no momento, a China continua, porém, muito atrás dos Estados Unidos (11). Está no mesmo nível que Rússia, França, Índia e Reino Unido, disse à AFP Nick Childs, especialista em forças navais no “think tank” britânico International Institute for Strategic Studies (IISS).

Fonte: AFP

 

 

Veja Também