Vôlei: Contribuindo para a saúde física, social e mental

O vôlei tem sua importância desde o ensino básico ao lazer e historicamente tem apresentado sua notoriedade nas competições de alta performance

Postado em: 27-06-2022 às 09h42
Por: Redação
O vôlei tem sua importância desde o ensino básico ao lazer e historicamente tem apresentado sua notoriedade nas competições de alta performance | Foto: Reprodução

Marcelo Carneiro

Um dos esportes que mais deu medalhas para o Brasil durante a história dos Jogos Olímpicos tem uma data especial. O Dia Nacional do Vôlei, celebrado dia 27 de junho, surgiu com o objetivo de divulgar o esporte entre os brasileiros. A modalidade foi criada por volta de 1895 e tem contribuído diretamente para os pilares fundamentais da saúde pública, sendo: físico, social e psicológico.

O vôlei tem sua importância desde o ensino básico ao lazer e historicamente tem apresentado sua notoriedade nas competições de alta performance.  Na escola, essa modalidade tende a fortalecer a autoestima, cria o hábito do trabalho em equipes, favorece e estimula tanto a disciplina quanto a organização, fatores que contribuem para a formação da cidadania.

Continua após a publicidade

O esporte não é limitado apenas a um grupo de pessoas ou faixa etária, podendo ser praticado nas quadras, campos, piscinas, praças e na natureza conforme a intenção de cada praticante. Com esse caráter heterogêneo, o esporte é compreendido como fenômeno que apresenta diversas formas de manifestação, dentre elas: esporte educacional, esporte de participação e esporte de rendimento, podendo ser incluídas as manifestações de reabilitação.

Além disso, a prática da atividade física favorece a queima de gorduras, aumenta a taxa metabólica, melhora o sistema cardiovascular e respiratório, aumenta a capacidade aeróbica, estimula a sinapse dos neurônios e fortalece os agrupamentos musculares elevando os níveis de força, melhora a cognição, noção de espaço temporal, lateralidade e coordenação motora; auxiliando na redução de doenças ocasionadas pelo sedentarismo. A níveis psicológicos, o vôlei tende a cooperar com melhora da capacidade de liderança, cooperação, humor, autoconfiança, autoestima, motivação e alivia o estresse.

Mesmo com tantos benefícios apontados, é importante prestar atenção aos cuidados com o esporte. Igual a todo exercício, deve-se tomar alguns cuidados importantes. Consultar um médico é essencial, além de fazer aquecimentos, alongamentos, descansar o suficiente após a prática, se alimentar adequadamente pré e pós treino, também contribuem para a prática do vôlei. Mesmo com a atividade física, é importante manter as atividades de musculação. Saber conciliá-las contribuirá eminentemente para a saúde integral dos praticantes.

A atividade é de fácil acesso para a população. É bastante tranquilo encontrar um espaço pela cidade para praticar a atividade, como parques, clubes e praças na cidade. Uma ótima escolha para a prática do vôlei é ao ar livre e de forma gratuita, aproveitando um tempo de 30 a 50 minutos. Já para o vôlei de areia, o tempo recomendado é sempre menor, sendo importante respeitar os nossos limites físicos e lembrar de manter uma boa hidratação.

Marcelo Carneiro é professor e mestre em educação física

Veja Também