Educação, uma parceria diária

Educação é processo. Sempre foi um processo que envolve diversos fatores e personagens.

Postado em: 26-07-2022 às 09h52
Por: Redação
Educação é processo. Sempre foi um processo que envolve diversos fatores e personagens | Foto: Reprodução

Adriano Medeiros

Educação é processo. Sempre foi um processo que envolve diversos fatores e personagens. Todos são importantes para o objetivo maior, que é consolidar o projeto de vida representado especialmente por crianças e adolescentes. Escola e família são fundamentais nessa informação. São concorrentes e convergentes, pois devem estar atuando em parceria para se chegar ao êxito. Compreender bem o papel de cada um é um desafio diário para consolidar uma vida cheia de oportunidades e sintonizada com o mundo em que vivemos.

A escola continua sendo um centro de conhecimento. Saberes e habilidades são discutidos e transmitidos diariamente. É uma relação que envolve bem mais do que professor e aluno. Envolve um ambiente saudável, um clima de respeito, o envolvimento de direção e do corpo de colaboradores no mesmo projeto, assim como estão incluídos a disciplina, a interdisciplinaridade, a discussão de temas do cotidiano, o convívio e a troca de experiência, todos fatores tão necessários para o crescimento e o amadurecimento de qualquer pessoa.

Continua após a publicidade

Da mesma forma, a família continua no seu papel de formação pessoal, na construção de valores e concepções que sempre serão a base para o desenvolvimento de todo ser humano. É perfeitamente natural compreender que esta família busque um ambiente escolar que seja extensão, complemento e interação desses conceitos.

Todos devem atuar no mesmo sentido e na mesma direção. Com a necessidade de estar cada vez mais conectado com as mudanças dos nossos dias. O futuro é todo dia, com uma tecnologia que se transforma diariamente. Escola e família devem estar atentas para tentar acompanhar esse processo. Algumas profissões estão sumindo e outras surgem com uma velocidade cada vez maior. Entender esse mundo e saber colocar em prática as novas concepções faz parte desse desafio diário.

O tempo de pandemia ainda exige a recuperação de perdas de conteúdo e convívio, mas trouxe para a rotina das escolas uma nova forma de aprender, ensinar, estudar e compartilhar. O uso crescente de tecnologia é uma marca da nova geração. É um dos caminhos sem volta. Assim, escola e família devem correr juntos com esse novo tempo para atingir o objetivo maior de continuar formando pessoas.

E isso será mais positivo com cada um assumindo amplamente o seu papel na formação das novas gerações. A escola sozinha não dará nem a disciplina, nem o conhecimento, nem o respeito, nem a preparação para a vida. A família também não consegue repassar todo o conhecimento, nem proporcionar a interação que as escolas antenadas com os dias atuais conseguem oferecer aos seus alunos. É cada um no seu papel. Mas não isolado. É para ser integrado, capacitado e discutido. Para transformar a família, a escola, as pessoas e o mundo. Essa é a nova ordem.
Adriano Medeiros é diretor de um colégio particular

Veja Também