Marconi apresenta potencialidades goianas a empresários da Nova Zelândia

Postado em: 17-02-2016 às 12h37
Por: Redação
Marconi cumpriu nova etapa da missão oficial internacional na Oceania, ao participar do seminário realizado na Embaixada do Brasil

Durante Seminário de Promoção de Investimentos no Estado de Goiás na Embaixada do Brasil em Wellington, Nova Zelândia nesta quarta-feira (17) o governador Marconi Perillo (PSDB) disse que ainda é preciso resolver alguns problemas relacionados à burocracia. “O Brasil precisa avançar muito mais nisso. As autoridades precisam ter consciência de que isso é um entrave muito forte.”

Ele cumpriu nova etapa da missão oficial internacional na Oceania, ao participar deste seminário, realizado na Embaixada do Brasil. Em palestra aos empresários, destacou as potencialidades goianas. O embaixador do Brasil na Nova Zelândia, Eduardo Gradilone, disse que ficou entusiasmado com a apresentação dos resultados dos programas mostrados pelo governador.

Marconi disse que o comércio entre ambos os estados ainda é reduzido, apesar das economias, dimensões geográficas e populações serem muito similares, e que estava ali para propor parcerias e implementar o intercâmbio comercial entre Goiás e Nova Zelândia. “Goiás hoje é a melhor opção de investimento no Brasil”, disse Marconi, ao apontar o crescimento do PIB goiano, que registrou um aumento de 10 vezes em 16 anos.

Ele também comentou sobre a reforma que realizou no Governo de Goiás para amenizar os reflexos da crise econômica brasileira e dos programas e ações prioritários implantados por seu governo, além dos destaques à transparência. Na educação, falou que, a exemplo do país, que tem o Brasil Sem Fronteiras, Goiás tem um programa similar, o Goiás Sem Fronteiras, que proporciona intercâmbio de alunos goianos com universidades de outros países.

Depois de visitar a Alemanha, onde atendeu clientes europeus em uma feira de negócios, Otávio Lage Filho, um dos maiores produtores de açúcar e etanol do Brasil, e presidente da Jalles Machado, integrou a comitiva do governador e falou da importância de missões como esta, observando que Goiás “tem conseguido atrair vários investimentos e tem sido um Estado referência”. Para ele, Marconi está correto em apresentar Goiás a novos mercados, porque abre perspectivas para novos negócios que vão beneficiar os produtores goianos.

Ao final da apresentação, o embaixador Eduardo Gradilone e sua esposa, Diva, cumprimentaram o governador Marconi e a primeira-dama, Valéria Perillo, pelos números conquistados pelo Estado e que atraíram as atenções do grupo de empresários de Wellington presentes no seminário goiano. Ele se mostrou bastante animado para intermediar futuros negócios entre os estados de Goiás e Wellington.

“É muito importante, pois o governador tem uma extensa experiência parlamentar e no executivo. É uma pessoa que tive a honra de conhecer em 1998 e venho acompanhando sua carreira desde então. O governador fez duas excelentes missões no Japão com o objetivo de mostrar o Brasil, que é muito rico em suas diversidades que é mostrada muito mais claramente quando um representante de estado vem expor as coisas do seu governo e de sua região”, disse Eduardo. 

(Assessoria)

Compartilhe: