Crise política brasileira é destaque do The NEW York Times

Postado em: 04-04-2016 às 12h20
Por: Redação

Da redação com agências

A capa do jornal americano “The NEw York Times” desta segunda-feira (4) traz como destaque principal uma reportagem que busca explicar os elos entre a corrupção atual e a crise política brasileira.

O jornal aponta o escândalo de corrupção da Petrobras como um dos mais extensos entre os países em desenvolvimento. E afirma ainda que ao lado da crise econômica que afeta o país, “devastou as ambições globais” do Brasil.

A presidente Dilma Rousseff é a maior imagem da primeira página do jornal. Também há fotos do ex-presidente Lula, do senador Delcídio do Amaral, do juiz Sérgio Moro e de um protesto contra o governo.

Na reportagem do jornal americano, há uma entrevista com o senador Delcídio do Amaral (Sem Partido-MS), que foi preso pela Polícia Federal por tentar interferir nas investigações da Operação Lava Jato. Na entrevista, Delcídio afirma que se sentiu “batendo em um muro após uma perseguição em alta velocidade”.

São citados na reportagem do “NYT” como alvo de acusações de Delcídio na delação premiada o ex-presidente Lula, o vice presidente Michel Temer, a presidente Dilma Rousseff e o líder da oposição, Aécio Neves (PSDB-MG). 

Na matéria também há detalhes do encontro entre Delcídio e o ator Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras Nester Cerveró. No encontro, Delcídio articula uma fuga de Nestor do país que foi gravado por Bernado e resultou na prisão do senador. Na entrevista, Delcídio afirma ainda que “não é um homem corrupto”. 

O jornal compara a crise política brasileira ao seriado “Game of Thrones” em um dos intertítulos, e também cita a conversa entre o ministro da Educação, Aloizio Mercandante, e Eduardo Marzagão, assessor de Delcídio, na qual o ministro se oferece para ajudar o parlamentar. 

O “The New Yor Times” lembra ainda da divulgação pelo juiz Sérgio Moro da conversa com Dilma Rousseff, na qual a presidente fala sobre o termo de posse do petista no Ministério da Casa Civil. E aborda ainda o desembarque de aliados do governo Dilma, que enfrenta o processo de impeachment por ter realizado pedaladas fiscais. 


Compartilhe: