Paulo Garcia pede ‘respeito’ ao seu trabalho

O prefeito de Goiânia visitou hoje (30) os três trechos do Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns (Puama), que pretende entregar até o final de sua gestão

Postado em: 30-08-2016 às 12h00
Por: Redação
O prefeito de Goiânia visitou hoje (30) os três trechos do Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns (Puama), que pretende entregar até o final de sua gestão

Deivid Souza

O prefeito de Goiânia Paulo Garcia visitou na manhã desta terça-feira (30) os três trechos do Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns (Puama), que pretende entregar em sua “plenitude” até o final de sua gestão, e aproveitou para atacar vários candidatos ao Paço.
Garcia enfatizou que muitos “do alto de suas coberturas milionárias” ou de “condomínios fechados” não conhecem Goiânia. O recado foi para Iris Rezende (PMDB) e Vanderlan Cardoso (PSB). Ambos foram taxados pelo atual prefeito como candidatos que não conhecem a capital. “Pergunte a alguns candidatos se eles conhecem as obras, onde ficam, quando estiveram lá e vocês vão ver que eles não conhecem a cidade, e isso me preocupa muito”, criticou.
“Eu peço respeito, principalmente por parte daqueles que estiveram conosco em grande parte do tempo”, disse em referência a Iris Rezende.
Em fase final de mandato, o prefeito demonstrou não se importar com a repercussão das ácidas declarações e seguiu com as provocações intercaladas com frases de exaltação às obras de sua gestão. “Antes de mim ninguém falava em ciclovia”, “Antes da minha gestão, o Macambira-Anicuns não tinha uma árvore sequer plantada”, frisou.
O Puama tem 11 trechos e afeta uma região com mais de 130 bairros e 350 mil habitantes. Nos três trechos a serem entregues foram investidos R$ 103 milhões que já estão com ordens de serviço assinadas.

Veja Também