“Quem ganha eleição é o candidato”, diz Marconi

Tucano elogiou o crescimento de Vanderlan Cardoso na pesquisa Serpes e sublinhou que não é papel do governador participar de uma campanha, por duvidar de transferência de voto

Postado em: 13-09-2016 às 06h00
Por: Renato
Tucano elogiou o crescimento de Vanderlan Cardoso na pesquisa Serpes e sublinhou que não é papel do governador participar de uma campanha, por duvidar de transferência de voto

Apesar da costumeira cautela, o governador Marconi Perillo (PSDB) comemorou o crescimento de Vanderlan Cardoso (PSB) nas duas últimas rodadas da pesquisa Serpes, contratada pelo jornal O Popular. Cardoso aparece com 21% contra 37,1 de Iris Rezende (PMDB).
“Eu tenho notado que o crescimento de Vanderlan é sustentável e o que a pesquisa Serpes registrou agora nós já tínhamos visto uma semana antes. Aliás, o último monitoramento já apontava Vanderlan Cardoso com 28 pontos ante 37 do primeiro colocado (referindo-se a Iris). Ele comentou o assunto em entrevista ontem no Palácio das Esmeraldas, após anunciar saldo positivo da balança comercial, que ele classificou como espetacular. 
O tucano ressaltou que não é papel do governador ficar entrando e participando efetivamente de uma campanha.  “Essa ideia de que Governador transfira votos para candidatos é uma ideia muito relativista. Ele até pode transferir votos para o seu candidato à sucessão, assim como também os prefeitos transferem para os seus candidatos quando estão sendo bem avaliados”, asseverou.
Marconi adiantou que participará de atividades do socialista fora do horário de expediente. “A minha primeira participação será nessa quarta, às 18h30. Convidarei os meus amigos e os nossos companheiros para estarmos junto com o Vanderlan. Vou pedir a todos o apoio, mas essa será a minha participação”, pontuou.
Questionado sobre o apoio que dará ao deputado Carlos Antônio e Professor Alcides – respectivamente candidatos do PSDB em Anápolis e Aparecida de Goiânia, Perillo afirmou que vai colaborar de acordo com o possível e que ambos “estão fazendo bem suas campanhas”.

Indireta
Como forma de cutucar Rezende, o governador relembrou, na ocasião, a disputa de 2014, quando venceu o peemedebista pela terceira vez. Iris tem evitado participar de qualquer tipo de atividade promovida por veículos de comunicação e entidades.
“Enfrentei todos os debates, entrevistas e encarei de frente os temas mais delicados. As pessoas se convenceram que o nosso trabalho deveria continuar e continuamos. Tive a maior vitória das minhas quatro eleições o governo de Goiás.”, finalizou.
 
Ajustes fiscais
Em conversa ontem com internautas, o governador Marconi Perillo disse que os ajustes fiscais, iniciados em 2015, terão continuidade em 2017.

Veja Também