Vanderlan continua empatado com Iris

Vanderlan Cardoso (PSB), subiu 2,3 pontos na pesquisa espontânea do Instituto Grupom, em relação ao último levantamento, e aparece com 37,4%, contra 40,5% de Iris

Postado em: 25-10-2016 às 06h00
Por: Redação
Vanderlan Cardoso (PSB), subiu 2,3 pontos na pesquisa espontânea do Instituto Grupom, em relação ao último levantamento, e aparece com 37,4%, contra 40,5% de Iris

Da redação

O candidato Vanderlan Cardoso (PSB), subiu 2,3 pontos na pesquisa espontânea do Instituto Grupom e divulgada nesta segunda-feira, 24, pela Rádio 730, em relação ao último levantamento, e aparece com 37,4%, contra 40,5% de Iris Rezende (PMDB).

Considerando-se que a margem de erro é de 4,3 pontos para mais ou para menos, Vanderlan pode variar de 33,1 a 41,7% e Iris de 44,8 a 36,2%, o que mostra um cenário totalmente indefinido e de empate técnico entre os dois concorrentes à prefeitura de Goiânia.

Continua após a publicidade

No cenário estimulado, quando são apresentados os nomes dos candidatos, a diferente continua em 3,1% e segue o empate técnico. Vanderlan tem 38,6% das intenções de voto contra 41,7% do adversário. Brancos e nulos somam 10,4% e indecisos 9,4%.

“Nós acreditamos que estes números estão mais próximos da realidade, diferentemente de outras pesquisas que tentam dizer que o nosso adversário está disparado na frente. Nesse segundo turno, a disputa vai ser voto a voto, e vamos continuar com nosso trabalho junto à população até o último dia em busca de cada um deles”, afirmou Vanderlan.

O candidato do PSB continua como o menos rejeitado entre os dois. Enquanto 32,6% disseram que não pretendem votar em Iris Rezende (PMDB), 31,3% acreditam que não desejam votar em Vanderlan Cardoso (PSB). Já 44,3% dos entrevistados dizem que podem votar em qualquer um dos dois.

O Grupom entrevistou 521 eleitores de 122 bairros da capital, entre os dias 20 e 23 de outubro. O nível de confiança é de 95%, com margem de erro de 4,3 pontos para mais ou para menos, e a pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com protocolo nº GO-03996/2016.

Veja Também