Cachoeira é denunciado por corrupção pelo MPF/GO

A denúncia mostra que durante o ano de 2011, Carlinhos Cachoeira pagou ao ex-deputado Leréia uma espécie de "mensalinho"

Postado em: 25-10-2016 às 17h15
Por: Toni Nascimento
A denúncia mostra que durante o ano de 2011, Carlinhos Cachoeira pagou ao ex-deputado Leréia uma espécie de "mensalinho"


Da Redação

O contraventor Carlos Augusto de Almeida Ramos, conhecido como Carlinhos Cachoeira, e o ex-deputado federal Carlos Alberto Leréia da Silva (PDSB-GO) foram denunciados pelo Ministério Público Federal em Goiás (MPF/GO) na última sexta-feira (21). Enquanto Carlinhos foi acusado de crime de corrupção ativa, o ex-deputado foi denunciado por corrupção ativa.

A denúncia mostra que durante o ano de 2011, Cachoeira pagou à Leréia uma espécie de "mensalinho". Conforme o MPF-GO, o político recebia, quase que mensalmente, valores entre R$ 20 mil e R$ 25 mil, para beneficiar a organização criminosa comandada pelo contraventor.

Continua após a publicidade

As investigações mostram que ao menos cinco vezes diferentes, o ex-parlamentar usou de sua posição e conexões políticas para favorecer aos interesses do contraventor. A denúncia indica que os pagamentos efetuados por Cachoeira era uma forma de ter o político trabalhando a seu favor.

Cachoeira solicitou a Leréia que conseguisse a nomeação em cargos públicos para o governo de Goiás, pedidos atendidos pelo então político. A relação dos dois chegava a ser mais  íntima que  Carlinhos chegou a fornecer seu cartão de crédito pessoal além de senha a Leréia, diz a denúncia.

Nos autos constam que Leréia já confessou em depoimento que "se valia de seu mandato de deputado federal" para solicitar ao Governo de Goiás nomeações ou manutenção de alguns cargos

 

 

 

 

 

Veja Também