Segmento empresarial sabatina Iris e Vanderlan

Prefeitáveis foram inquiridos por lideranças do comércio, indústria e serviços acerca de vários temas pertinentes à municipalidade

Postado em: 28-10-2016 às 08h00
Por: Renato
Prefeitáveis foram inquiridos por lideranças do comércio, indústria e serviços acerca de vários temas pertinentes à municipalidade

Mardem Costa Jr.
Na reta final da campanha, os possíveis ocupantes do Paço Municipal a partir do ano que vem responderam ontem a questionamentos feitos por várias lideranças do segmento empresarial goiano na sede da Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg). 

Ao abrir a solenidade, o presidente da entidade, Euclides Barbo Siqueira, agradeceu a presença dos candidatos – Vanderlan Cardoso (PSB) foi o primeiro a ser sabatinado, seguido de Iris Rezende (PMDB) – e pontuou a necessidade do Poder Público criar um ambiente favorável ao desenvolvimento empresarial e investir em políticas de propiciem a geração de empregos. 

“Temos de pensar Goiânia de forma ampliada. Não podemos ser uma cidade dormitório”, criticando a omissão da prefeitura, o que teria permitido que outros municípios da Região Metropolitana de Goiânia (RMG), tais como Aparecida de Goiânia, Trindade e Senador Canedo viabilizassem unidades fabris, enquanto a capital depende quase que exclusivamente do setor de serviços, um dos mais atingidos pela crise econômica que perdura desde 2015.

Continua após a publicidade

 O diálogo do prefeito com o setor empresarial também foi destacado por Barbo. “Queremos que a municipalidade nos escute, nos coloque na mesa de decisão, para discutirmos e tomarmos juntos a melhor decisão para a cidade de Goiânia”, finalizou.

Vanderlan

O socialista chegou com meia hora de atraso ao auditório da Acieg e lembrou, durante sua apresentação, da sua vocação empresarial e de que já foi líder classista – ele foi presidente da Associação Comercial de Senador Canedo. 

Cardoso asseverou seu compromisso de resgatar o comércio destacou propostas para atrair novos investidores para a cidade, firmar parcerias com o Estado e tornar a cidade atrativa a empresas. Ele reafirmou a proposta de implantar polos de desenvolvimento e distritos industriais, o que acredita que colaborará com a empregabilidade e, consequentemente, o desenvolvimento da cidade. "Nossa principal bandeira nesta eleição é a geração de emprego e renda para Goiânia. Só acredito em desenvolvimento quando se leva oportunidade de emprego e qualificação profissional para as pessoas", concluiu

O postulante do PSB também afirmou que investirá na desburocratização dos serviços municipais, firmando parceria com a prefeitura de Campinas – administrada pelo companheiro de partido Jonas Donizetti, cujo caso de sucesso foi enfatizado no decorrer da campanha do empresário.
 
Questionado sobre a mobilidade urbana, o socialista afirmou que, com a implantação das oito regionais administrativas, as pessoas vão trabalhar próximas às suas casas, o que acredita que “vai contribuir bastante para minimizar esse problema".

Iris

Líder nas pesquisas de intenção de voto, o peemedebista garantiu que, se eleito, vai manter um diálogo constante com o segmento epretende discutir, permanentemente, a geração de empregos em Goiânia. “Vamos trabalhar juntos para trazer o desenvolvimento à nossa capital, criar mecanismos para diminuirmos o desemprego na nossa cidade”, disse. Questionado sobre a polêmica intenção de municipalizar os serviços de saneamento básico goianiense, Iris reafirmou que pretende estudar a medida, que segundo ele, seria mais benéfica à cidade.

Durante a sabatina, Rezende respondeu perguntas de empresários e abordou temas como o transporte coletivo na capital. Ele lembrou que em sua gestão mais recente à frente da prefeitura exigiu das empresas a melhoria do serviço. 

“Por isso elas adquiriram 1200 novos ônibus, o que melhorou significativamente a qualidade do transporte na capital. Sendo eleito vamos chamar essas empresas e tomar decisões rápidas para que voltemos a ter o transporte que o goianiense merece”, ponderou.

Foto: (R7)

Veja Também