Mais de 250 policiais militares reforçam a segurança em Anápolis

O reforço da segurança é para manter a ordem na votação do segundo turno da eleição municipal que tem como candidatos João Gomes (PT) e  Roberto do Órion (PTB)

Postado em: 30-10-2016 às 09h45
Por: Toni Nascimento
O reforço da segurança é para manter a ordem na votação do segundo turno da eleição municipal que tem como candidatos João Gomes (PT) e  Roberto do Órion (PTB)

Na cidade de Anápolis (GO), a 53 quilômetros da capital, 260.567 estão aptos a votar hoje (30) para escolher quem vai administrar a cidade até 2020. A disputa é entre o atual prefeito, João Gomes (PT) e  Roberto do Órion (PTB).

Ao contrário do lixo espalhado pela cidade no primeiro turno, desta vez não há santinhos jogados nas ruas.

Continua após a publicidade

Dois locais de votação foram alterados pelo Tribunal Regional Eleitoral. Em um deles, o motivo foi a ocupação feita pelo movimento estudantil no prédio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. As seis seções (462, 469, 472, 475, 480 e 483) foram transferidas para a Escola Municipal Cecília Meireles. Houve mudança também para quem vota na Escola Estadual Leany Lopes de Souza. Sete seções (377, 385, 403, 424, 446, 457 e 471), segundo o TRE, foram transferidas por motivos técnicos e os eleitores estão votando na Escola Municipal Anapolino Silvério de Faria.

Para reforçar a segurança neste segundo turno das eleições, foi montado um esquema com mais de 250 policiais militares que fazem o patrulhamento nas ruas.

Anápolis tem a terceira maior população de Goiás, com 334.313 habitantes. De acordo com a Secretaria de Gestão e Planejamento, é a segunda maior economia do estado, voltada para as indústrias de transformação e de automóveis, medicamentos e comércio atacadista.

(Agência Brasil)

Veja Também