Roberto do Órion é eleito em Anápolis e desbanca PT

Petebista, antes considerado azarão, derrota prefeito petista por uma margem apertada

Postado em: 31-10-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Petebista, antes considerado azarão, derrota prefeito petista por uma margem apertada

O empresário Roberto Naves, conhecido como Roberto do Órion (PTB) é o novo prefeito de Anápolis, a 50 km de Goiânia. O petebista, que era considerado um azarão no começo da disputa eleitoral, derrotou o atual prefeito João Gomes (PT) por 51,23 a 48,77% – 88.730 votos contra 84.475, respectivamente. Dos 260.567 eleitores da cidade, 23,38% não compareceram. Brancos e nulos somaram 13,24% ou 26.433 votos.
Órion, cuja campanha procurou transmitir a mesma ideia de político despolitizado vencedora com João Dória (PSDB) em São Paulo, cresceu aos poucos e conseguiu carimbar a passagem para o segundo turno. Ele superou nomes conhecidos do eleitorado anapolino, tais como o deputado estadual Carlos Antônio (PSDB) e os ex-deputados Pedro Canedo (DEM) e José de Lima (PV).
Gomes, por sua vez, teve seu desempenho pela crise do PT, agravada com o impeachment de Dilma Rousseff e os efeitos da Operação Lava-Jato. Já no segundo turno, os ataques entre os postulantes ao cargo de prefeito da Manchester goiana se intensificaram, a ponto da Justiça Eleitoral ter suspendido a propaganda eleitoral no rádio e na TV por um dia.

Histórico
Formado em Farmácia, Roberto do Órion tem 38 anos, é casado e tem quatro filhos. Ele é proprietário do Colégio Órion, em Anápolis, e tem participação acionária no Colégio Medicina, em Goiânia. Ele já foi diretor da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e se candidatou a primeira vez a um cargo eleitoral, apadrinhado pelo deputado federal Jovair Arantes (PTB).
Órion liderou a coligação Competência para Inovar, integrada por PRB, PTB, Rede, PTN, PPS, PMB, PSD, SD e PROS. O vice da chapa é o pastor e especialista em gestão de empresas Marcio Cândido da Silva (PSD).

Veja Também