Governo de Goiás investiu mais de R$ 48 milhões em Luziânia. Educação teve maiores recursos

Postado em: 15-05-2021 às 14h59
Áreas como saúde e geração de emprego também tiveram investimentos | Foto: Secom

Em Luziânia, cidade que faz parte do Entorno do Distrito Federal, já recebeu R$ 48.602.113,80 de investimentos do Governo de Goiás. Só em educação, os repasses do executivo em dois anos e quatro meses, totalizaram R$ 16.207.100,59. A cidade foi a primeira da região a receber um laboratório Include, em parceria com o Instituto Campus Party.

O governador Ronaldo Caiado destacou que, com a iniciativa, o estado avança e oferece oportunidades iguais. “Quero difundir a melhor educação em Goiás para que possamos ser referência de qualidade nesta área”, ressaltou. Segundo o governador, o que o Include oferece é inédito na região, com equipamentos que não existem nem mesmo em escolas particulares. “Vamos dar dignidade às pessoas para que tenham saúde, educação, assistência social e oportunidades de trabalho”, enumerou.

A iniciativa visa capacitar gratuitamente jovens com idade entre 12 e 20 anos, por meio do ensino da robótica, programação, eletrônica, sensores e mecânica, além de oferecer oficinas de empreendedorismo e IOT (internet das coisas).

Luziânia possui 31 escolas da rede estadual, com um total de 22.713 estudantes. O Reformar (Recurso Estadual de Fomento, Organização, Reforma, Modernização e Adequação da Rede) já encaminhou R$ 1.855.000,00 ao município. O programa destina recursos para manutenção predial e pequenos reparos na estrutura física de 909 unidades educacionais da rede pública estadual.

Em relação a geração de empregos, Com assinaturas de protocolos de intenções, Luziânia é a cidade do entorno que mais recebeu empresas. Foram oito novos empreendimentos com a previsão de gerar 6.085 novos postos de trabalho e injeção de R$ 1,374 bilhões na economia local.

Em 2020, três empresas assinaram protocolos de intenções para investir em Luziânia. Juntas, investirão R$ 58 milhões e serão responsáveis por gerar 589 empregos, entre diretos e indiretos. O município também recebeu recursos oriundos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO). Em 2020, foram R$ 45.732.777,57 na assinatura de 79 contratos e previsão de geração de 1914 postos de trabalho. Até março deste ano, foram R$ 2.718.371,54 em sete novos contratos, com a previsão de gerar 113 vagas de trabalho.

Em relação a saúde, ela também foi umas das áreas a receber um volume significativo de investimentos. Os repasses das contrapartidas estaduais para a saúde de Luziânia somaram R$ 6.633.632,47, em 2019; R$ 11.914.767,27, em 2020 e R$ 1.737.837,80, em 2021. O total geral no período soma R$ 20.286.237,54.

Por: Redação
Compartilhe: