Paço apresenta projeto Cidade Inteligente à reitora da PUC

Postado em: 16-06-2021 às 08h18
Por: Raphael Bezerra
Prefeito discutiu com Olga Ronchi projetos conjuntos para Goiânia e, sobre o Cidade Inteligente, a reitora considerou essa proposta como inovadora para o sucesso da gestão pública e que encontrará na Universidade uma grande parceira | Foto: Divulgação

Em reunião, ontem, no Paço Municipal, o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos) discutiu parcerias com a reitora da Pontifícia Universidade Católica (PUC-Goiás), Olga Ronchi, que visem o desenvolvimento da capital, em várias áreas do conhecimento.

No encontro, Rogério Cruz destacou o histórico de parcerias entre a Prefeitura e a Universidade, que, ao longo do tempo, se tornam sólidas, e que vão continuar em sua gestão. “Temos já vários projetos daqui pra frente, apresentado pela reitora Olga Ronchi. Da minha parte, a prefeitura tem também seus projetos na área da Educação, e, com isso, podemos continuar nessa parceria por muito tempo”, pontuou o prefeito.

A reitora da PUC relatou sobre parcerias tradicionais que pautam o calendário da instituição de ensino e de Goiânia, citando a Jornada da Cidadania, considerado o maior evento comunitário da Universidade, por promover atendimentos gratuitos à comunidade, nas mais diversas áreas. 

“Temos uma comissão trabalhando há alguns meses, sem muitas certezas em relação à pandemia e como estaremos com os protocolos sanitários”, disse Olga Ronchi, fazendo referência ao projeto Jornada da Cidadania, que está previsto para acontecer em outubro, provavelmente de forma virtual. “Obviamente devemos obedecer a todos eles, mas estamos projetando cenários, alguns deles favoráveis se a pandemia assim permitir”, arrematou.

Diante das incertezas, a reitora prevê o evento de forma híbrida, mas com diversas atividades, porque a Jornada neste ano será concomitante ao Congresso de Ciência e Tecnologia.

Após receber informações detalhadas dos projetos da PUC, Rogério Cruz colocou sua equipe à disposição para dar continuidade ao trabalho, além de propor ações futuras. O prefeito foi convidado para uma visita ao Campus II da PUC, no Jardim Mariliza, que abriga o Memorial do Cerrado, o Centro de Convenções e o Memorial São João Paulo II, como também cursos de graduação vinculados à Escola de Ciências Agrárias e Biológicas e Escola de Formação de Professores e Humanidades.

O prefeito se mostrou entusiasmado em conhecer o Memorial do Cerrado e de quilombolas. “É muito importante conhecermos esses projetos de perto. Temos outros grandes eventos a ser realizados em conjunto com a PUC”, anunciou. “Essa visita de hoje foi muito produtiva e conto muito como o apoio da PUC para que possamos, juntos, fazermos o melhor para a nossa cidade”.

Cidade Inteligente

O projeto Cidade Inteligente também pautou a audiência com a reitora. Rogério Cruz apresentou detalhes da proposta que pretende transformar Goiânia em cidade modelo de inovações, nas áreas de segurança e mobilidade. No projeto estão inclusos o uso de tecnologias, como sensores, câmeras e drones, para integração de áreas, como trânsito, segurança pública, saúde e transporte. Contém ainda pontos de Wi-Fi em espaços públicos, como praças, como forma de democratizar o acesso à internet.

Por sua vez, a reitora destacou a importância do uso da tecnologia como ferramenta estratégica para a gestão pública. “O pensamento do prefeito é bastante inovador, com propostas diversas para a cidade e, com certeza, encontrará na PUC Goiás grandes parcerias para este empreendimento e para o sucesso da gestão pública, que é de interesse de todos os cidadãos e de todas as instituições”, frisou Olga Ronchi.

Compartilhe: